Realdrive GT3 Sport: Estevão Lourenço e Jonathan Guizilin vencem em Daytona

Realdrive GT3 Sport 2024/3 @ Daytona

O Realdrive GT3 Sport apresentou uma bela abertura de campeonato na temporada 2024/3 do F1BC Esports nesta quinta-feira (27), no circuito misto de Daytona, em palco que recebeu vitórias dos estreantes Estevão Lourenço (Richards Racing) e Jonathan Guizilin (Costa Racing).

Na primeira corrida, Nicolas Amaral foi o grande rival de Estevão, e Guilherme Alberton completou o pódio. Já a prova mais curta e com inversão do Top 10, Guizilin largou em terceiro e segurou o ataque de Nicolas até o fim, enquanto Ramon Oliveira foi o terceiro nome no pódio. Na PROAM, Ramon Oliveira (Devils e-Sports) venceu as duas e surpreendeu a todos.

Com uma rodada dupla completada, a liderança na tabela é de Nicolas Amaral com 100 pontos, a frente de Guilherme Alberton (93), Bruno Pio e Marcelo Mattos (ambos com 86), neste novo sistema de pontuação. Na PROAM, Ramon Oliveira (71) é líder em relação a Ygor Lima (54) e Leonardo Maciel (44). Entre as escuderias, Costa Racing (156), Richard Racing (113) e Taiwan Hardline Race (99) começaram bem suas campanhas.

Na classificação, Estevão Lourenço anotou a pole position com a marca de 1:45.560, sendo seguido por Nicolas Amaral, Guilherme Alberton, Marcelo Mattos, e Renato Lima no Top 5. Fecharam os 10 primeiros Diego Alves, Bruno Pio, Jonathan Guizilin, Denner Lima, e Ramon Oliveira, de um total de incríveis 49 presentes nesta categoria. Confira a ordem completa de largada a seguir.

Classificação
1 Estevao Lourenco (Richards Racing), 1:45.560
2 Nicolas Amaral (Independente), 1:45.587
3 Guilherme Alberton (Warrior Setups), 1:45.597
4 Marcelo Mattos (AC7 e-Racing Team), 1:45.750
5 Renato Lima (PDL Racing), 1:45.803
6 Diego Alves (Costa Racing), 1:45.834
7 Bruno Pio (HUB Racing), 1:45.880
8 Jonathan Guizilin (Costa Racing), 1:45.916
9 Denner Lima (Projeto Razzo Gear1), 1:45.917
10 Ramon Oliveira (Devils e-Sports), 1:46.028
11 Demetrio Fontclara (Grip Racing), 1:46.033
12 Ygor Lima (Taiwan Hardline Race 2), 1:46.051
13 Heitor Barros (BlueMacaw e-Motorsports), 1:46.066
14 Cristhian de Almeida (Torresmo Racing), 1:46.144
15 Ernani Kuhn (Sprint Simuladores), 1:46.150
16 Bruno Rebelo (Full Throttle eSports), 1:46.158
17 Junior Rinaldo (Luck Sim Racing), 1:46.166
18 Marcello Toledo (Independente), 1:46.275
19 Thales Toledo (Scuderia Minardi Faenza), 1:46.294
20 Raphael Schleier (Aclat Racing), 1:46.407
21 Caleb Souza (BUG Esports), 1:46.553
22 Valdo Raya (Projeto Razzo Gear1), 1:46.570
23 Aluisio Cabral (Full Throttle eSports), 1:46.611
24 Lucas Cunha (Taiwan Hardline Race), 1:46.633
25 Juscelino Honorato (Independente), 1:46.661
26 Junior Vasconcellos (Richard’s Racing), 1:46.681
27 Renato Martins (Taiwan Hardline Race 2), 1:46.697
28 Rogerio Galhiego (F1APS Racing Team), 1:46.734
29 Bernnardo Schettert (Scuderia Minardi Faenza), 1:46.793
30 Marcus Soares (Torresmo Racing), 1:46.827
31 Erik Queiroz (Torresmo Racing), 1:46.844
32 Leonardo Maciel (Taiwan Hardline Race), 1:47.200
33 Ayvon Amorim (Scuderia Minardi Faenza), 1:47.262
34 Hamilton Oliveira (Independente), 1:47.348
35 Tiago Leal (Team Parra), 1:47.420
36 Guilherme Ketes (Taiwan Hardline Race 2), 1:47.492
37 Diego Colodetti (Colodetti Racing), 1:47.629
38 Joao Schubert (Torresmo Racing 2), 1:47.696
39 Felipe Bronstrup (Richard’s Racing), 1:47.717
40 Sherman Leonardo (Taiwan Hardline Race), 1:47.727
41 Alexandre Porto (Independente), 1:47.974
42 Marcio Mendes 2 (PDL Racing), 1:48.775
43 Thiago Lopes (Independente), 1:48.997
44 Ricardo Trinci (Bengutan Racing), 1:49.164
45 Hudson Joe (Time Barbie), sem tempo
46 Marco Silva (Team Parra), sem tempo
47 Marcos Vinicius Souza (Mike Racing), sem tempo
48 Eduardo Junqueira (Independente), sem tempo

Considerando esta quantidade de carros, a largada para o início da Realdrive GT3 Series foi excelente, com Nicolas pulando na frente na primeira volta, promovendo um belo duelo onde Estevão deu o troco apenas na 15ª volta, pouco antes das paradas nos boxes.

No quesito recuperação, Ernani Kuhn foi destaque ao largar em 15º e fechar a feature Race em sétimo. Isso entre os ponteiros, mas no meio do pelotão alguns subiram muito mais na ordem: Rogério Galhiego saiu em 28º e fechou em 13º, e Tiago Leal largou do 35º lugar e finalizou em 18º.

A disputa entre os dois mais rápidos foi até o final, com Estevão Lourenço levando a melhor por pouco mais de um segundo de vantagem sobre Nicolas Amaral.

Guilherme Alberton ficou um pouco mais isolado fechando em terceiro, enquanto Marcelo Mattos foi o quarto, e Bruno Pio completou o Top 5, em uma inversão pós chegada com Diego Alves.

Concluíram ainda o grupo dos 10 Ernani Kuhn, Jonathan Guizilin, Cristhian de Almeida, e Ramon Oliveira, este último sendo vencedor PROAM, classe que promete ser equilibrada na temporada, com muitos novos nomes surgindo.

Bateria 1 – Final, 40 minutos
1 Estevao Lourenco (Richards Racing), 23 Laps
2 Nicolas Amaral (Independente), -01.172
3 Guilherme Alberton (Warrior Setups), -05.812
4 Marcelo Mattos (AC7 e-Racing Team), -10.743
5 Bruno Pio (HUB Racing), -15.090
6 Diego Alves (Costa Racing), -15.023 [+5s]
7 Ernani Kuhn (Sprint Simuladores), -21.768
8 Jonathan Guizilin (Costa Racing), -22.952
9 Cristhian de Almeida (Torresmo Racing), -25.082
10 Ramon Oliveira (Devils e-Sports), -27.028
11 Bruno Rebelo (Full Throttle eSports), -27.821
12 Heitor Barros (BlueMacaw e-Motorsports), -30.390
13 Rogerio Galhiego (F1APS Racing Team), -37.298
14 Renato Lima (PDL Racing), -40.114
15 Junior Vasconcellos (Richards Racing), -50.797
16 Ygor Lima (Taiwan Hardline Race 2), -51.073
17 Lucas Cunha (Taiwan Hardline Race), -54.238
18 Tiago Leal (Team Parra), -56.829
19 Denner Lima (Projeto Razzo Gear1), -1:06.978
20 Guilherme Ketes (Taiwan Hardline Race 2), -1:15.107
21 Sherman Leonardo (Taiwan Hardline Race), -1:16.399
22 Ricardo Trinci (Bengutan Racing), -1:21.779
23 Leonardo Maciel (Taiwan Hardline Race), -1:30.213
24 Felipe Bronstrup (Richards Racing), -1:31.738
25 Junior Rinaldo (Luck Sim Racing), -1:37.341
26 Alexandre Porto (Independente), -1:38.882
27 Juscelino Honorato (Independente), -1:38.944
28 Erik Queiroz (Torresmo Racing), +1 laps
29 Joao Schubert (Torresmo Racing 2), +1 laps
30 Caleb Souza (BUG Esports), +1 laps
31 Hudson Joe (Time Barbie), +1 laps
32 Eduardo Junqueira (Independente), +1 laps
33 Marcio Mendes 2 (PDL Racing), +2 laps
34 Marcello Toledo (Independente), +2 laps
35 Ayvon Amorim (Scuderia Minardi Faenza), +3 laps
36 Raphael Schleier (Aclat Racing), +4 laps
37 Aluisio Cabral (Full Throttle eSports), +5 laps
38 Bernnardo Schettert (Scuderia Minardi Faenza), +5 laps
39 Marco Silva (Team Parra), +6 laps
40 Valdo Raya (Projeto Razzo Gear1), +6 laps
41 Thiago Lopes (Independente), +7 laps
42 Hamilton Oliveira (Independente), +12 laps
43 Thales Toledo (Scuderia Minardi Faenza), +12 laps
44 Diego Colodetti (Colodetti Racing), Abandono (9)
45 Renato Martins (Taiwan Hardline Race 2), Abandono (8)
46 Demetrio Fontclara (Grip Racing), Abandono (5)
47 Marcus Soares (Torresmo Racing), Abandono (4)
48 Marcos Vinicius Souza (Mike Racing), Abandono (0)
Volta mais rápida: Heitor Barros, 1:45.385

A Sprint Race, com os 20 minutos dando um senso maior de urgência pelo resultado, sempre tem corridas mais apimentadas, e o resultado também é mais duro com alguns pilotos – tanto que o número de carros recebendo a bandeira quadriculada foi inferior ao da prova maior.

Desta vez Jonathan Guizilin aproveitou largar na segunda fila, e passou para a liderança mostrando saber lidar com esta pressão, ao ver no retrovisor um Nicolas Amaral inspirado, que saiu da nona posição e finalizou em segundo.

Ramon Oliveira foi ao pódio, também unindo boa posição de largada e consistência na pressão. Bruno Pio e Guilherme Alberton completaram o grupo de cinco pilotos na ponta.

Alguns velozes e fortes pilotos não tiveram vida fácil nesta prova, como o próprio Lourenço vitorioso na Feature Race, e sendo pego por incidentes nesta bateria curta.

Por outro lado, foi curioso acompanhar a prova de Marcus Soares, que largou em 47º e terminou em 22º. Renato Martins terminou em 13º após largar em 45º, outro que fez o inimaginável. São exemplos como estes que mostram que a disputa pelo título ficará em aberto por um bom tempo.

Bateria 2 – Final, 20 minutos
1 Jonathan Guizilin (Costa Racing), 12 Laps
2 Nicolas Amaral (Independente), -00.108
3 Ramon Oliveira (Devils e-Sports), -01.715
4 Bruno Pio (HUB Racing), -01.778
5 Guilherme Alberton (Warrior Setups), -01.822
6 Denner Lima (Projeto Razzo Gear1), -03.167
7 Ygor Lima (Taiwan Hardline Race 2), -05.845
8 Marcelo Mattos (AC7 e-Racing Team), -08.053
9 Diego Alves (Costa Racing), -12.493
10 Leonardo Maciel (Taiwan Hardline Race), -16.881
11 Valdo Raya (Projeto Razzo Gear1), -19.660
12 Erik Queiroz (Torresmo Racing), -24.531
13 Renato Martins (Taiwan Hardline Race 2), -25.799
14 Caleb Souza (BUG Esports), -26.643
15 Felipe Bronstrup (Richard’s Racing), -31.425
16 Ernani Kuhn (Sprint Simuladores), -31.462
17 Ayvon Amorim (Scuderia Minardi Faenza), -31.699
18 Cristhian de Almeida (Torresmo Racing), -36.131
19 Junior Rinaldo (Luck Sim Racing), -34.282 [+5s]
20 Tiago Leal (Team Parra), -40.672
21 Estevao Lourenco (Richards Racing), -32.781 [+10s]
22 Marcus Soares (Torresmo Racing), -41.319
23 Alexandre Porto (Independente), -42.895
24 Lucas Cunha (Taiwan Hardline Race), -46.697
25 Aluisio Cabral (Full Throttle eSports), -48.003
26 Bernnardo Schettert (Scuderia Minardi Faenza), -49.493
27 Renato Lima (PDL Racing), -53.093
28 Heitor Barros (BlueMacaw e-Motorsports), -33.726 [+20s]
29 Joao Schubert (Torresmo Racing 2), -1:11.352
30 Hamilton Oliveira (Independente), -1:09.260 [+5s]
31 Eduardo Junqueira (Independente), -1:24.815
32 Ricardo Trinci (Bengutan Racing), -1:29.173
33 Marcello Toledo (Independente), -1:32.693
34 Marco Silva (Team Parra), +1 laps
35 Junior Vasconcellos (Richards Racing), +1 laps
36 Marcio Mendes 2 (PDL Racing), +2 laps
37 Hudson Joe (Time Barbie), +4 laps
38 Guilherme Ketes (Taiwan Hardline Race 2), +4 laps
39 Raphael Schleier (Aclat Racing), +5 laps
40 Sherman Leonardo (Taiwan Hardline Race), Abandono (5)
41 Thiago Lopes (Independente), Abandono (5) [+20s]
42 Juscelino Honorato (Independente), Abandono (5)
43 Thales Toledo (Scuderia Minardi Faenza), Abandono (1)
44 Bruno Rebelo (Full Throttle eSports), Abandono (1)
45 Rogerio Galhiego (F1APS Racing Team), Abandono (0)
46 Diego Colodetti (Colodetti Racing), Abandono (0)
47 Demetrio Fontclara (Grip Racing), Abandono (0)
48 Marcos Vinicius Souza (Mike Racing), Abandono (0)
Volta mais rápida: Ernani Kuhn, 1:45.272

O Realdrive GT3 Sport terá sua próxima etapa no dia 11 de julho às 20h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo na EllevenTV.

O F1BC Esports tem parcerias oficiais com BMW, MINI, Heineken, Realdrive, Grid Experience Club, CriaPubli, Curva 7, M7Help, AMIKA, MonteCapri, Elleven TV, F1 Mania, Aliança Contra Incêndio, e F1 Brasil.