F1BC Indy Series: Franzoni vence em Chicagoland e Adriano Pinheiro é campeão

F1BC Indy Series 2024/2 @ Chicagoland

Pintou o campeão no F1BC Indy Series, campeonato mais tradicional dos ovais no Brasil, e o nome não mudou: Adriano Pinheiro (BK Racing) perdeu sua invencibilidade para Rodrigo Franzoni, mas de forma antecipada garantiu esta nova conquista.

A corrida não teve bandeiras amarelas, e tanto Franzoni quanto Neilson Messias poderiam levar a disputa pelo título até a última etapa, mas Pinheiro ganhou posições no final e matou a matemática. Victor del Porto e Adriano Fraporti tentaram belas manobras, mas neste oval de difíceis ultrapassagens, ou quase impossíveis, Franzoni voltoua frente dos pit stops e cruzou a linha de chegada a frente.

Adriano Pinheiro é campeão com 200 pontos, e as demais disputas ficam pelo vice-campeonato entre Rodrigo Franzoni (180), Victor del Porto (153), Neilson Messias (151), e Beto Soussa (148). A BK Racing é campeã entre as equipes.

Na classificação, Carlos Aguiar foi o pole position a frente de Alexandre Rigon, Cristiano benevenuto, Adriano Fraporti, e Beto Soussa no Top 5, enquanto Adriano Pinheiro não fez voltas e largou mais atrás – em um oval onde é difícil ultrapassar. Confira a seguir a ordem de partida completa.

Classificação
1 Carlos Aguiar (Target Racing), 24.954
2 Alexandre Rigon (BK Racing), 24.974
3 Cristiano Benevenuto (SUB Racing), 24.995
4 Adriano Fraporti (Beneporto Pro Racing), 24.997
5 Beto Soussa (BK Racing), 25.015
6 Victor del Porto (Beneporto Pro Racing), 25.020
7 Rodrigo Franzoni (BK Racing), 31.896
8 Adriano Pinheiro (BK Racing), sem tempo
9 Neilson Messias (CND Racing), sem tempo
10 Ronaldo Silva (EG Racing), sem tempo
11 Alvaro Wanderley (SUB Racing), sem tempo
12 Mateus Casali (RM Motorsport), sem tempo

A corrida não teve bandeiras amarelas, nem nenhum carro efetivamente colidindo. Apenas contatos menores foram vistos, e o início da corrida foi bem limpo com uma fila indiana se formando em puro estudo entre os competidores.

A briga foi bonita entre o pelotão da frente desde pouco antes dos pit stops, e mesmo depois, já que os tempos de paradas foram equivalentes e a maioria voltou próxima. Adriano Pinheiro destoava e aparecia longe do grupo, praticamente torcendo por uma bandeira amarela, na nona posição.

Neilson Messias tinha chances de postergar a disputa pelo título, caso levasse a vitória, e ele fazia bonito na disputa com Del Porto, Fraporti, Aguiar, Rigon e companhia. Eventualmente o representante da CND Racing perdeu muito tempo em sua segunda parada e ficou bem para trás.

A segunda parada foi decisiva para a corrida, também. Franzoni voltou exatamente a frente de Del Porto, Fraporti e Aguiar, e defendeu sua liderança até a linha de chegada, sendo o único vencedor “não-Pinheiro” na categoria desde um bom tempo.

Victor del Porto e Adriano Fraporti completaram o pódio, após um toque de Aguiar com o prórpio Fraporti. Adriano Pinheiro e Beto Soussa completaram o Top 5, logo a frente de Carlos. Fecharam o Top 10 os guerreiros Mateus Casali, Neilson Messias, Alexandre Rigon, e Alvaro Wanderley.

Final, 140 voltas
1 Rodrigo Franzoni (BK Racing), 140 Laps
2 Victor del Porto (Beneporto Pro Racing), -00.032
3 Adriano Fraporti (Beneporto Pro Racing), -00.491
4 Adriano Pinheiro (BK Racing), -04.566
5 Beto Soussa (BK Racing), -04.710
6 Carlos Aguiar (Target Racing), -00.351 [+5s]
7 Mateus Casali (RM Motorsport), -17.089
8 Neilson Messias (CND Racing), +1 laps
9 Alexandre Rigon (BK Racing), +1 laps
10 Alvaro Wanderley (SUB Racing), +2 laps
11 Cristiano Benevenuto (SUB Racing), +47 laps
12 Ronaldo Silva (EG Racing), Abandono (36)
Volta mais rápida: Cristiano Benevenuto, 0:24.638

O F1BC Indy Series terá sua grande final no dia 29 de maio às 22h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo na EllevenTV.

O F1BC Esports tem parcerias oficiais com BMW, MINI, Heineken, Realdrive, Grid Experience Club, CriaPubli, Curva 7, M7Help, AMIKA, MonteCapri, Elleven TV, F1 Mania, Aliança Contra Incêndio, e F1 Brasil.