AMIKA MX5 Sport: Gabriel Vernieri e Erik Queiroz vencem na abertura em Ledenon

AMIKA MX5 Pro 2024/3 @ Ledenon

Agora com dois grids separados por níveis de experiência, os tradicionais carros MX5 ganharam ainda mais destaque no F1BC Esports, e a abertura de campeonato AMIKA MX5 Sport foi realizada nesta segunda-feira (24) no circuito francês de Ledenon, palco para vitórias do estreante Gabriel Vernieri (Ratoeira Racing) e de Erik Queiroz (Torresmo Racing).

Com dois tempos de 30 minutos repletos de disputas (e alguns incidentes), Rodrigo Gonçalves e Andre Luigi foram ao pódio na primeira bateria, enquanto Lucas Limoli e Rodrigo Gadelha fizeram companhia ao vencedor na segunda. Na PROAM, João Schubert (Torresmo Racing) e o próprio Lucas Limoli (Independente) comemoraram vitórias.

Com uma rodada dupla completada, a liderança na tabela é de Rodrigo Gonçalves com 58 pontos, a frente de Gabriel Vernieri (56), Erik Queiroz (51), e Danilo Ferreira (47), neste novo sistema de pontuação. Na PROAM, Jonathan Piovezan (46) é líder em relação a João Schubert (45) e Lucas Limoli (43). Entre as escuderias, Torresmo Racing (134) e CFPM Sampaio (77) começaram bem suas campanhas.

Em um novo grupo formado, o estreante Gabriel Vernieri surpreendeu ao cravar a pole position em 1:34.004, vendo ao seu lado na primeira fila Rodrigo Gonçalves. O Top 5 ficou completo com Lucas Limoli, Luciano Santos, e Erik Queiroz, de um total de 20 presentes nesta primeira etapa. Confira a seguir o grid completo de partida..

Classificação
1 Gabriel Vernieri (Ratoeira Racing), 1:34.004
2 Rodrigo Goncalves (Independente), 1:34.108
3 Lucas Limoli (Independente), 1:34.135
4 Luciano Santos (Aclat Racing), 1:34.160
5 Erik Queiroz (Torresmo Racing), 1:34.511
6 Andre Luigi (Torresmo Racing), 1:34.733
7 Danilo Ferreira 3 (CFPM Sampaio), 1:34.837
8 Joao Schubert (Torresmo Racing 2), 1:34.870
9 Raul Diniz (Torresmo Racing), 1:34.875
10 Felipe da Cruz (Independente), 1:34.919
11 Rodrigo Gadelha (Aclat Racing), 1:34.999
12 Jonathan Piovezan (Independente), 1:35.095
13 Felipe Borges (CFPM Sampaio), 1:35.137
14 Douglas Vieira (CFPM Sampaio), 1:35.221
15 Cassius Braga (Independente), 1:35.297
16 Sidney Rogerio (Full Throttle eSports), 1:36.907
17 Ricardo Mello (Independente), 1:37.725
18 Camilo Chaby (LP Racing), 1:39.054
19 Guilherme Putnoki (AMIKA), 1:40.687

Boa largada em Ledenon, com Vernieri escorregando na segunda curva e caindo para quarto, enquanto Gonçalvez, Santos e Limoli tomaram as três primeiras posições.

Pouco depois, Erik Queiroz escorregou e tocou ao lado de seu parceiro de Torresmo André Luigi. Na sequência, Danilo Ferreira não conseguiu evitar o toque, e os efeitos colaterais da confusão deixaram ainda um incidente com Rodrigo Gadelha, Felipe da Cruz, Felipe Borges, e João Schubert.

Para alguns, a corrida de recuperação se iniciava. Para Gonçalves, Vernieri e Lima a briga pela liderança era boa, e logo em seguida André Luigi, Danilo Ferreira, Jonathan Piovesan, e Ricardo Mello formavam um novo pelotão. Rodrigo Gadelha tinha a companhia dos Torresmos com Queiroz, Schubert, e Diniz.

Ricardo Mello rodou e perdeu boas posições, mas o desastre maior foi para Rodrigo Gadelha, que chegou a liderar mas um problema no volante o fez cair para a primeira marcha, explodindo seu motor na hora.

Gabriel Vernieri conseguiu superar seu novo rival Rodrigo Gonçalves, para vencer com pouco menos de oito segundos de vantagem esta primeira corrida em sua carreira no F1BC Esports, um feito notável.

Completando o pódio, André Luigi obteve seu melhor resultado na carreira até o momento, em bela atuação. Danilo Ferreira foi o quarto, e completando o Top 5 surgiu João Schubert, vitorioso na classe PROAM após boa recuperação.

Raul Diniz, Erik Queiroz, Sidney Rogerio, e Lucas Limoli completaram o Top 10, aquele grupo que inverte na ordem da largada seguinte.

Destaques para Piovezan, que largou em 12º e finalizou em quinto, e também para Sidney Rogério, que saiu do 16º lugar e encerrou em nono.

Bateria 1 – Final, 30 minutos
1 Gabriel Vernieri (Ratoeira Racing), 19 Laps
2 Rodrigo Goncalves (Independente), -07.574
3 Andre Luigi (Torresmo Racing), -22.697
4 Danilo Ferreira 3 (CFPM Sampaio), -23.941
5 Jonathan Piovezan (Independente), -30.283
6 Joao Schubert (Torresmo Racing 2), -31.761
7 Raul Diniz (Torresmo Racing), -46.994
8 Erik Queiroz (Torresmo Racing), -53.496
9 Sidney Rogerio (Full Throttle eSports), -1:06.318
10 Lucas Limoli (Independente), -1:07.232
11 Cassius Braga (Independente), -1:08.189
12 Luciano Santos (Aclat Racing), -1:16.692
13 Ricardo Mello (Independente), -1:25.394
14 Douglas Vieira (CFPM Sampaio), -1:29.119
15 Camilo Chaby (LP Racing), +1 laps
16 Felipe da Cruz (Independente), +1 laps [+20s]
17 Rodrigo Gadelha (Aclat Racing), +5 laps
18 Felipe Borges (CFPM Sampaio), +6 laps
19 Guilherme Putnoki (AMIKA), +8 laps
Volta mais rápida: Lucas Limoli, 1:33.780

A segunda corrida teve uma largada até melhor, com menos toques entre os carros, mas o vencedor de agora há pouco levou a pior: Vernieri escorregou e quem vinha atrás não teve como desviar, em toque que deixou o então líder do campeonato para o fim do grupo.

Lucas Limoli largou bem, mas Sidney Rogério escorregou no primeiro setor e perdeu o segundo posto para Erik Queiroz. No retrovisor destes, incidentes ocorreram, sendo o primeiro entre André Luigi e Jonathan Piovesan, que levou a pior. Um outro complicado foi de Sidney Rogério com Cassius Braga, que saiu com o carro danificado e não conseguiu fazer a curva seguinte, virando alvo para Luciano Santos, em forte batida.

Outra pancada notável foi com André Luigi, parado ao contrário na pista, e o próprio Felipe Borges, em colisão frontal fortíssima. A prova seguiu com 14 carros na pista.

Na parte final, Erik Queiroz concluiu uma recuperação intensa, superando Lucas Limoli para vencer em Lédenon a segunda bateria. Lima por sua vez foi o vitorioso na classe PROAM, em sua estreia no F1BC Esports. Rodrigo Gadelha, que saiu lá do 17º lugar, foi ao pódio.

Raul Diniz e Rodrigo Gonçalves foram ao Top 5, seguidos por João Schubert, Jonathan Piovezan, Danilo Ferreira, Sidney Rogério, e Felipe da Cruz, em bela abertura de campeonato.

Bateria 2 – Final, 30 minutos
1 Erik Queiroz (Torresmo Racing), 19 Laps
2 Lucas Limoli (Independente), -04.741
3 Rodrigo Gadelha (Aclat Racing), -10.803
4 Raul Diniz (Torresmo Racing), -11.128
5 Rodrigo Goncalves (Independente), -17.968
6 Joao Schubert (Torresmo Racing 2), -18.699
7 Jonathan Piovezan (Independente), -45.675
8 Danilo Ferreira 3 (CFPM Sampaio), -50.212
9 Sidney Rogerio (Full Throttle eSports), -50.226
10 Felipe da Cruz (Independente), -57.227
11 Ricardo Mello (Independente), -1:06.910
12 Camilo Chaby (LP Racing), -1:08.490
13 Douglas Vieira (CFPM Sampaio), +1 laps
14 Guilherme Putnoki (AMIKA), +1 laps
15 Gabriel Vernieri (Ratoeira Racing), +6 laps
16 Felipe Borges (CFPM Sampaio), Abandono (3)
17 Andre Luigi (Torresmo Racing), Abandono (3) [AB]
18 Luciano Santos (Aclat Racing), Abandono (2)
19 Cassius Braga (Independente), +6 laps [AB]
Volta mais rápida: Erik Queiroz, 1:34.050

O AMIKA MX5 Pro terá sua próxima etapa no dia 8 de julho, às 20h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo na EllevenTV.

O F1BC Esports tem parcerias oficiais com BMW, MINI, Heineken, Realdrive, Grid Experience Club, CriaPubli, Curva 7, M7Help, AMIKA, MonteCapri, Elleven TV, F1 Mania, Aliança Contra Incêndio, e F1 Brasil.