F1: Ricciardo minimiza incidente entre Verstappen e Norris

O toque entre Max Verstappen e Lando Norris no GP da Áustria de Fórmula 1 segue rendendo discussões. Daniel Ricciardo, que já foi companheiro de equipe de Verstappen na Red Bull Racing e de Norris na McLaren, acredita que a rivalidade entre os dois pilotos está sendo supervalorizada.

“Para ser sincero, vi a disputa e o toque, mas não sei o que foi dito depois”, disse Ricciardo à imprensa em Silverstone. “Acho que estão exagerando porque é uma batalha pela liderança e ex-amigos viraram inimigos, essa é a narrativa.”

Ricciardo destacou que dentro da pista, amizades ficam de lado. “Você luta pela vitória com mais afinco do que pelo 15º lugar. É assim que funciona. Não estou dizendo que tudo foi correto, talvez algumas coisas tenham sido excessivas, mas irão criar polêmica porque dá audiência. Provavelmente vão tentar criar uma rivalidade entre dois caras que se dão bem.”

O australiano, que já foi companheiro dos dois pilotos, comentou sobre o estilo de pilotagem do holandês. “Desde o início, Max sempre foi um piloto agressivo. Acho que é da natureza dele, está no DNA dele e é assim que ele corre. Você sabe que vai ter uma luta dura contra ele. Lando aprendeu isso na corrida Sprint na Áustria”, afirmou Ricciardo, que já teve momentos de tensão com Verstappen na Red Bull. Em 2017, no GP da Hungria, Verstappen bateu em Ricciardo, que abandonou a prova. Já em Baku, em 2018, ambos os pilotos da Red Bull se chocaram na primeira curva e ficaram fora da corrida.