F1: Mercedes otimista com W15 após desafios na temporada anterior

A Mercedes enfrenta um grande desafio na temporada de Fórmula 1 de 2024, após uma temporada anterior sem vitórias para Lewis Hamilton e George Russell. Toto Wolff, chefe da equipe, reconhece a dificuldade, mas mostra-se cautelosamente otimista com os primeiros sinais do W15 no simulador.

Após o fracasso do conceito ‘zeropod’ do W13 em 2022, a Mercedes decidiu continuar desenvolvendo o carro. Wolff percebeu a necessidade de uma mudança radical após o Grande Prêmio do Bahrein em 2023. Embora essa abordagem não tenha resultado em vitórias no mesmo ano, as perspectivas para 2024 são positivas. Anthony Davidson, analista da Sky Sports e também piloto de simulador da Mercedes, indicou que o carro, pelo menos no simulador, sente-se muito melhor do que no ano anterior.

Wolff, com cautela, acredita que a equipe terá um desempenho melhor em várias áreas este ano. “Acho que as regulamentações, como foram estabelecidas há alguns anos, foram interpretadas por nós de maneira conservadora. E vimos outras equipes fazendo de forma diferente. Portanto, fique atento. Acho que vai ser muito diferente”, avisa Wolff.

Esta temporada será crucial para a Mercedes, que busca retomar sua posição de liderança na Fórmula 1 após um ano desafiador. A equipe aposta em melhorias significativas no W15, esperando que essas mudanças se traduzam em desempenho na pista.