F1: “Eu estraguei tudo”, diz Pérez sobre qualificação frustrada na Inglaterra

O sábado de qualificação foi difícil para a Red Bull. Com Sergio Pérez tendo sido eliminado logo no Q1 devido a uma escapada para a área de brita, a sua RB20 irá largar apenas da 19ª posição. Enquanto isso, Max Verstappen, que teve problemas em seu assoalho durante a sessão, foi até o Q3 com seu carro, conquistando um P4 para o grid do GP da Inglaterra. 

Os pilotos da Red Bull e Christian Horner, chefe da equipe, compartilharam seus sentimentos e frustrações. 

 

Max Verstappen

“Foi um sábado misto. Foi azarado quando saí da curva sete e começou a chover, tentei diminuir a velocidade naquela curva, mas o carro ainda escapou e eu estava focado em evitar bater no muro. Ficar na brita danificou meu assoalho e tivemos danos significativos a partir daí. A equipe fez um ótimo trabalho tentando recuperar algumas peças e otimizar o equilíbrio de dianteira para traseira, mas afetou bastante nossa classificação. Foi uma sorte estar no Q3 depois disso, e no final qualificar em P4 foi uma surpresa positiva e o melhor que poderíamos fazer hoje. Para a corrida, primeiro precisamos de um novo assoalho, mas acho que será uma corrida emocionante e provavelmente estaremos mais no ataque tentando subir no grid, já que McLaren e Mercedes têm sido rápidos em todas as sessões e tiveram um fim de semana realmente bom até agora. Amanhã é um novo dia, vamos ter que esperar para ver o que o clima vai fazer, mas estou confiante de que se tivermos um carro limpo podemos estar na briga.”

 

Sergio Pérez

“Foi um erro bobo lá fora, eu fui um dos primeiros a trocar para pneus slick e vimos muitos erros nas condições, infelizmente eu fui o que se deu pior. Fui pego desprevenido, estava tentando aquecer os pneus e tive um travamento indo para a curva nove, saí da pista e havia água parada, ao tentar parar o carro perdi a traseira e fui para a brita. Eu estraguei tudo hoje e isso dói bastante porque decepcionar sua equipe dessa forma não é legal, especialmente depois de um fim de semana muito sólido até agora. É frustrante porque acho que tínhamos um bom ritmo, fomos muito fortes na sexta-feira e esta manhã, eu estava no ritmo e é uma pena que não conseguimos mostrar isso. Será difícil se recuperar do final do grid, mas vamos ver o que conseguimos fazer amanhã, precisamos limitar os danos e esperar que as coisas corram a nosso favor.”

 

Christian Horner – CEO e Chefe de Equipe

“Infelizmente, um trepidar pela brita causou bastante dano ao assoalho de Max, o que realmente impactou o desempenho nas fases finais da classificação. A equipe fez um trabalho fantástico na garagem para resolver isso entre as sessões e salvar o que podíamos. Foi uma volta brilhante de Max também. Conseguir a segunda fila com esse tanto de dano? Vamos aceitar isso. Foi uma classificação difícil para o Checo. Ninguém ficará mais desapontado do que ele, saindo no Q1 daquela maneira. Obviamente, não é o que podemos nos permitir no momento. Ele precisará de uma grande corrida amanhã, mas ainda há muitas oportunidades aqui, então ele não está fora ainda.”