F1: Domenicali garante 24 GPs por ano, mesmo com novos circuitos pressionando

Stefano Domenicali, CEO da Fórmula 1, tranquilizou os fãs preocupados com um possível ‘inchaço’ do calendário. Apesar de existir interesse de mais de 35 circuitos em sediar uma etapa da categoria, a F1 vem mantendo 24 GPs anuais.

“A demanda é altíssima. Cabe a nós fazermos as escolhas corretas, mas o número está definido em 24”, afirmou Domenicali à ESPN. O dirigente ressaltou o crescimento significativo do calendário nos últimos anos, passando de 17-18 corridas para o patamar atual.

Essa disputa entre os circuitos que querem sediar uma etapa da F1, pressiona aqueles já estabelecidos, especialmente os históricos, que nem sempre conseguem acompanhar os investimentos dos mais novos. Apesar disso, a F1 enfatiza a importância de manter a diversidade geográfica do campeonato.

Domenicali, no entanto, emitiu um alerta: “O mundo está em constante evolução, e a necessidade de todos buscarem o topo é evidente. Ninguém tem vaga garantida. Queremos estimular a melhoria contínua de todos os envolvidos”, finalizou o CEO da F1.