F1: Brown quer manter Norris na McLaren e diz que cabe à equipe mostrar bom desempenho

Com Lando Norris sob contrato até 2025, a McLaren sabe que precisa agir para garantir o futuro do talentoso piloto britânico na equipe. O CEO do time, Zak Brown, deixou claro que a responsabilidade para manter Norris está nas mãos da própria McLaren.

“Para mim, o foco é criar o melhor ambiente possível para que as pessoas desejem estar na McLaren. Sejam funcionários, pilotos ou patrocinadores, é nosso trabalho fazer com que eles se sintam valorizados e parte de algo especial”, afirmou Brown durante a apresentação do novo visual da equipe para a temporada 2024 da Fórmula 1.

Brown acredita que o relacionamento forte com Norris e a evolução da McLaren na segunda metade de 2023, culminando no quarto lugar no campeonato de construtores, serão argumentos convincentes para a permanência do jovem piloto.

“Tenho muita confiança na relação que temos com Lando. Ele está muito animado para este ano e ficou impressionado com o que viu na segunda metade do ano passado. Adora trabalhar com Andrea Stella (chefe da equipe) e com toda o time. Portanto, tudo o que precisamos fazer é continuar oferecendo o ambiente que ele deseja, e então estou confiante de que ele vai permanecer conosco, ao invés de tentarmos impedi-lo de aceitar ofertas da concorrência. Essa nunca foi a minha maneira de agir”, acrescentou.

O otimismo de Brown se baseia em diversos fatores. Além do desempenho ascendente da equipe, a McLaren finalizou importantes atualizações de infraestrutura, incluindo o novo túnel de vento onde o MCL38, que será apresentado em 14 de fevereiro, foi projetado.

“Quando você está construindo uma equipe com o desejo de voltar a vencer o campeonato, você precisa de tudo: a gestão, a tecnologia, a infraestrutura, e claro, os dois pilotos. E eu acho que temos todos esses elementos”, disse Brown. “Lando está conosco por mais alguns anos, e estamos em diálogo contínuo com ele, pois ambos estamos começando a pensar no futuro.”

Brown destacou ainda que, além de Norris, a McLaren também tem Oscar Piastri, contratado até 2026. “Reconhecemos que poder reter Lando e Oscar para o futuro, é definitivamente um elemento crucial e uma alta prioridade para nós”, encerrou o CEO da McLaren.

Com investimentos em infraestrutura, resultados em ascensão e um planejamento estratégico a longo prazo, a McLaren espera que o ambiente e as perspectivas de sucesso sejam argumentos suficientes para manter Norris a bordo, garantindo uma dupla de pilotos talentosa e promissora para os próximos anos.