F1: Verstappen enfrenta problemas no Canadá

Max Verstappen teve mais uma sessão de treinos repleta de problemas em Montreal. O RB20 parece não estar funcionando como esperado, para o descontentamento do piloto holandês. No final do TL3 para o GP do Canadá de Fórmula 1, Verstappen chegou inclusive a tocar com o carro no muro.

Na sexta-feira, Verstappen enfrentou um problema sério. O novo motor instalado em seu carro quebrou, gerando muita fuma. Embora Helmut Marko tenha afirmado se tratar do antigo motor, a informação se mostrou falsa, com a Red Bull confirmando que se tratava da nova unidade de potência.

O novo motor não pôde ser consertado na pista e foi enviado de volta à fábrica na Inglaterra. Consequentemente, Verstappen voltou a utilizar o motor antigo no terceiro treino livre. O holandês enfrentou diversas dificuldades na sessão, incluindo problemas com a direção, instabilidade do carro em algumas curvas, e por fim, o toque no muro.

Faltando apenas um minuto para o encerramento do treino, Verstappen tentava sua última volta rápida. Perto do limite, acabou batendo no muro pouco antes da linha de chegada. O incidente não causou grandes danos ao RB20. Mesmo assim, a volta acidentada garantiu apenas a segunda posição na sessão, atrás de Lewis Hamilton por mais de três décimos de segundo.