F1: Verstappen aponta um circuito que gostaria de ter de volta no calendário da categoria

O piloto da Red Bull, Max Verstappen, não é fã de todas as mudanças que vêm ocorrendo na Fórmula 1 nos últimos tempos, como as corridas Sprint e o aumento na quantidade de GPs por ano. Verstappen também tem uma forte preferência por circuitos antigos e históricos. Não é à toa que inclui os traçados de Spa-Francorchamps, Zandvoort e Suzuka entre seus favoritos.

Apesar de a Fórmula 1 visitar cada vez mais novos circuitos, como no Oriente Médio ou nas corridas de rua em Las Vegas, Verstappen prefere realizar os GPs em verdadeiros autódromos. Durante uma sessão de perguntas e respostas da Red Bull, com os fãs esta semana no TikTok, o holandês foi questionado sobre qual circuito histórico ele gostaria de ver de volta à F1.

“Mugello. Bem, é um circuito clássico. Quero dizer, é um ótimo circuito no geral. Mugello é muito bom,” disse o piloto da Red Bull. Vale ressaltar que a Fórmula 1 visitou esse circuito italiano para um GP na temporada 2020, que foi marcada pela pandemia de Covid-19. Naquele ano, o GP da Toscana foi realizado no circuito, com Lewis Hamilton conquistando a vitória. Alex Albon terminou em terceiro, quando ainda corria pela Red Bull. Após colidir com Kimi Raikkonen, Pierre Gasly e Romain Grosjean, Verstappen abandonou na terceira volta da corrida.

Atualmente, Mugello sedia anualmente a MotoGP. Além disso, o circuito é de propriedade da Ferrari, que o utiliza regularmente para testes.