F1: Marko aconselha Ferrari a buscar um cockpit para Bearman

O consultor da Red Bull, Helmut Marko, elogiou a estreia de Oliver Bearman na Ferrari no GP da Arábia Saudita de Fórmula 1, quando substituiu Carlos Sainz que precisou se submeter a uma cirurgia de apendicite, e apontou que a escolha de Lewis Hamilton para 2025 pode trazer desafios financeiros para a equipe italiana.

Marko, em sua coluna para o Speedweek.com, descreveu a estreia de Bearman como sensacional, destacando a performance do jovem britânico em Jeddah. O consultor sugeriu que, dada a qualidade do desempenho de Bearman, a Ferrari poderia ter problemas financeiros ao se comprometer com o dispendioso contrato de Hamilton, enquanto já possui Charles Leclerc com um contrato de longo prazo e Bearman como uma promessa talentosa.

Ele ainda aconselhou Fred Vasseur, chefe da Ferrari, a procurar imediatamente um cockpit na F1 para Bearman em outra equipe, mencionando como possibilidade a Haas, que é cliente de motores da Ferrari. Ele ressaltou ainda que a estratégia de simplesmente oferecer dinheiro para que Bearman seja inserido em outra equipe, não será tão eficaz devido às atuais restrições financeiras da categoria.

O destino mais lógico para Bearman, segundo Marko, seria mesmo a Haas, devido aos laços estreitos com a Ferrari. Se Bearman se juntar à equipe de Gene Haas, poderá continuar como piloto júnior da Ferrari, e eventualmente, substituir Hamilton ou Leclerc. Caso vá para outra equipe, os vínculos com a Ferrari provavelmente serão cortados.