F1: Leclerc homenageia Bianchi com capacete especial no GP do Japão

Charles Leclerc, piloto da Ferrari, revelou um capacete especial em homenagem a Jules Bianchi para o Grande Prêmio do Japão deste fim de semana, marcando uma década desde o trágico acidente que eventualmente levou à morte de Bianchi. Bianchi, que foi o padrinho de Leclerc, sofreu ferimentos fatais na cabeça durante a corrida de Suzuka em 2014, após colidir com um veículo de recuperação, vindo a falecer em julho de 2015, nove meses após o acidente.

Bianchi era parte da Academia de Pilotos da Ferrari, e Leclerc, seu afilhado, hoje corre pela equipe, tornando o GP deste fim de semana ainda mais significativo, embora o aniversário real da corrida ocorra em outubro. Durante o fim de semana, Leclerc usará um design de capacete em tributo a Bianchi, apresentando o número de corrida de Bianchi, #17, que foi aposentado pela FIA como um sinal de respeito após sua morte.

Este gesto emocionante de Leclerc destaca não apenas a amizade e o vínculo entre ele e Bianchi, mas também a perda profunda sentida pela comunidade da Fórmula 1. O capacete serve como uma lembrança poderosa dos riscos inerentes ao esporte e do legado deixado por Bianchi, não apenas como um competidor talentoso, mas como uma figura querida e respeitada no paddock da F1.