F1: Alpine alcança valorização de US$ 900 mi com aporte de astros

Injeção de capital por estrelas do esporte mundial impulsiona a avaliação da equipe de Fórmula 1 Alpine

A Alpine foi formalmente avaliada em 900 milhões de dólares após a confirmação do investimento de personalidades como Travis Kelce e Patrick Mahomes. Vencedores do Super Bowl, Kelce e Mahomes, do Kansas City Chiefs, uniram forças com o bicampeão mundial de pesos pesados Anthony Joshua, o campeão de golfe Rory McIlroy, os futebolistas Trent Alexander-Arnold e Juan Mata, e o investidor Roger Ehrenberg, adquirindo 24% da equipe através da Otro Capital.

Essa participação, avaliada em 200 milhões de dólares, atribui à equipe um valor total de 900 milhões de dólares para 100% das ações.

A Alpine teve uma temporada decepcionante nas pistas, terminando em sexto no Campeonato de Construtores, uma queda em relação ao quarto lugar em 2022, com Pierre Gasly e Esteban Ocon terminando em 11º e 12º lugares no Campeonato de Pilotos, conquistando um pódio cada.