Ayao Komatsu: Quem é o novo chefe da Haas na F1?

Ex-engenheiro da Lotus e BAR, Komatsu traz expertise técnica para a liderança da equipe

A Haas F1 anunciou uma grande mudança em sua liderança: Ayao Komatsu substituirá Guenther Steiner como o novo Chefe de Equipe. O comunicado de imprensa da Haas F1 deixou claro o motivo da escolha de Komatsu como novo líder da equipe, destacando seu extenso conhecimento na área de engenharia.

Nascido em 28 de janeiro de 1976 no Japão, Komatsu mudou-se para a Europa em 1995 para estudar no Reino Unido. Ele está ativo na F1 desde 2003, trabalhando em várias funções em equipes do grid antes de se tornar Chefe de Equipe. Com um bacharelado em Engenharia Automotiva e um doutorado em Dinâmica e Controle de Veículos, Komatsu ingressou na British American Racing (BAR) como engenheiro de pneus em 2003.

Ele permaneceu nessa equipe por três anos antes de se mudar para a Lotus (Renault). Lá, ele evoluiu de Engenheiro de Desempenho para Engenheiro de Corrida e, finalmente, para Engenheiro-Chefe de Corrida em 10 anos.

Quando a Haas F1 estreou no cenário da F1 em 2016, Komatsu ingressou na equipe norte-americana, inicialmente no mesmo papel que ocupava na Lotus em seu último ano. Ele manteve essa posição ao longo dos anos atuais da equipe, e os fãs podem tê-lo ouvido regularmente no rádio a bordo dos pilotos.

A mudança da Lotus para a Haas não foi por acaso – ele se transferiu com Romain Grosjean para a equipe americana. Ele foi o engenheiro de corrida do francês durante todos os anos de Grosjean na Lotus e considera Grosjean um amigo próximo, mesmo após o grave acidente do piloto no Grande Prêmio do Bahrein de 2020, que encerrou sua carreira na F1.

Apesar da saída de Grosjean do esporte, Komatsu permaneceu na Haas. Sua promoção para liderar a equipe oferece o benefício de contar com um indivíduo não apenas experiente na F1, mas também dentro da própria equipe.