Suspensão tira chance de pódio de Massa no Velocitta

Nesta sexta-feira (28), foi realizada a corrida principal da segunda etapa da Stock Car. A prova, que foi atrasada no dia 24 de março por conta do mal tempo em Mogi Guaçu, se mostrou bastante inusitada para Felipe Massa, do Time Lubrax. O experiente piloto viveu altos e baixos nos cerca de 50 minutos de prova.

Terminando a corrida em 25º,  mesmo com esse resultado, Massa está em quinto no campeonato, com 291 pontos. Na largada, o competidor pulou do nono lugar para o oitavo. Em uma estratégia inteligente de acelerar com pista livre e parar só no fim da janela de box, chegou ao quarto lugar.

Aí começou a reviravolta. Massa vinha com bom ritmo, sem ser ameaçado e armando o bote para chegar ao pódio, quando, a apenas seis minutos do fim, sofreu uma quebra na suspensão. Mesmo assim, piloto e equipe optaram por permanecer na pista e levar o carro até o fim para somar pontos.

“É uma situação muito ruim, porque a gente vinha fazendo uma corrida redonda, ultrapassando, estratégia perfeita. Se eu termino em quarto, seria o maior pontuador da segunda etapa e vice-líder do campeonato, mas infelizmente houve a quebra. É o terceiro problema mecânico do ano, que nos custaram pontos importantes. O lado bom é que estamos em quinto e vivos na briga pelo título”, explicou Massa.

Com o fim da segunda etapa da temporada, a Stock Car volta à programação normal a partir deste sábado, com a classificação e a corrida sprint da quinta etapa e, no domingo, a corrida principal.