Stock Car: Ingo Hoffmann destaca exigência do uso dos freios em Goiânia

A temporada 2024 da Stock Car começa neste final de semana no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia (GO). E um dos desafios da etapa é com relação a alta exigência desta pista com os freios, que a partir deste ano serão fornecidos pela Hipper Freios, empresa sediada em Santa Catarina. Com as características da pista, veloz, mas com muitos pontos de frenagem, e a possibilidade de temperaturas acima dos 30°C, os freios serão muito exigidos nas corridas.

Embaixador da Hipper Freios na Stock Car e maior campeão da história da categoria, Ingo Hoffmann destacou a necessidade que os pilotos terão de fazer muito bem as frenagens ao longo da corrida. Mais do que isso, o 12 vezes campeão lembra ainda que, em alguns pontos do circuito, os freios terão que desempenhar um papel fundamental por conta da sequência de curvas no circuito de 3.835 metros.

“Goiânia é uma pista que tem uma reta longa e onde o freio é muito exigido. Por conta de muitas freadas fortes próximas uma das outras, a refrigeração não é frequente. Assim, os freios são extremamente importantes”, diz Ingo Hoffmann.

“É muito importante frearmos muito bem o carro na curva 5 para sair retomando a aceleração. A curva do S a gente freia com o carro um pouco inclinado, então é preciso cuidado para não bloquear as rodas. Mas em todas as curvas a frenagem precisa ser feita de forma correta e de maneira extremamente eficiente, priorizando a saída de curva”, completa Ingo.

A partir desta temporada, todos os pilotos poderão contar com diferenciais exclusivos da Hipper Freios, como a tecnologia da retífica cruzada Hipper Grinding, que deixa os freios prontos para uso desde os primeiros quilômetros. Além de contar com o nióbio na composição, que traz uma maior resistência mecânica e térmica, fazendo com que os freios aqueçam menos.

O campeonato deste ano tem mudanças no regulamento. A classificação será realizada na manhã de sábado, mesmo dia em que ocorre a primeira corrida, com 30 minutos de duração e inversão dos 12 melhores do qualifying. O domingo terá a corrida principal do final de semana, com 50 minutos de duração e grid levando em conta o resultado da sessão classificatória. Os treinos livres ocorrem na sexta-feira.