Stock Car encerra temporada 2023 levando novas tecnologias Wi-Fi 6E e 7 para Interlagos

A etapa final da temporada 2023 da Stock Car Pro Series, principal categoria do automobilismo nacional, trará mais uma inovação tecnológica para os fãs no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP), neste domingo (17). Os fãs presentes ao camarote Stock Car e os profissionais que utilizarem a sala de imprensa poderão experimentar as tecnologias Wi-Fi 6E e Wi-Fi 7, em uma ação promovida pela Audacetech, em colaboração com a Qualcomm Serviços de Telecomunicações Ltda (“Qualcomm Brasil”), a Americanet e a RUCKUS (Commscope).

Toda a área VIP será coberta com conectividade Wi-Fi nas bandas de 2,4 e 5 GHz, mas quem estiver no camarote Stock Car e na sala de imprensa será selecionado para experimentar o uso das tecnologias que suportam a banda de 6GHz: Wi-Fi 6E e Wi-Fi 7. A primeira proporciona taxas entre 1,5 e 2 Gbps para celulares que também suportem Wi-Fi 6E. A banda Wi-Fi 7 suporta taxas reais ainda maiores, ao redor de 4Gbps. Além da alta performance na frequência de 6GHz, ambas as tecnologias otimizam as frequências legado 2.4Ghz e 5GHz, viabilizando uma melhor experiência para os usuários. Essas novas tecnologias são ideais para lugares com muitos usuários, proporcionando redes de maior capacidade para suportar esse tipo de demanda, como em autódromos, estádios, shoppings, escolas, parques públicos, aeroportos, estações de ônibus ou metrô.

A Americanet disponibilizará link de acesso à internet de 10Gbps para proporcionar essa experiência multi gigabit na banda de 6GHz. Enquanto a RUCKUS Networks fornecerá os equipamentos Ruckus R560, R760 e R770, que utilizam as plataformas Qualcomm® Networking Pro 610 e 1210 Wi-Fi 6E e Qualcomm® Networking Pro 820 Wi-Fi 7. O evento marca o lançamento do R770 no Brasil, agora disponibilizado comercialmente para aplicações indoor.

Dessa forma, os usuários com aparelhos de celular compatíveis à tecnologia poderão desfrutar de uma velocidade diferenciada para registrar e transmitir os melhores momentos da competição e dos eventos nos camarotes.

“A Qualcomm Brasil se orgulha em integrar iniciativas que promovem a inovação, levando conectividade para mais pessoas, com mais qualidade e possibilitando novas aplicações”, afirma Hamilton Mattias, Director, Product Management, QUALCOMM Serviços de Telecomunicações Ltda.

“A Stock Car tem atuado como uma plataforma para o desenvolvimento de projetos inovadores, que estão proporcionando experiências avançadas e diferenciadas para os fãs, patrocinadores e equipes, transformando o automobilismo em um impulsionador do avanço tecnológico”, disse Enzo Bortoleto, CEO da Audacetech.

Tecnologia nas pistas — Ao longo de 2023, os fãs da categoria experimentaram uma série de iniciativas focadas em tecnologia promovidas pela Qualcomm Brasil, que é patrocinadora da competição, em colaboração com a Audacetech, o braço tecnológico do Veloci Group, controlador da Vicar, empresa proprietária da Stock Car.

Em julho, um grupo de fãs participou da demonstração Copiloto Snapdragon, no autódromo de Interlagos. O modelo possibilitou uma transmissão imersiva em 5G, proporcionando uma visão 360 graus de dentro do carro de corridas para os espectadores, como se estivessem virtualmente sentados ao lado do piloto, por meio do uso de óculos de realidade aumentada e utilizando uma câmera de vídeo de alta resolução 360 graus estabilizada, com tecnologia da Qualcomm Technologies. Segundo a Audacetech, a tecnologia será uma das principais novidades do novo carro da Stock Car, que passará a ser utilizado pelas equipes em 2025. Como resultado, no futuro os espectadores poderão acompanhar a corrida de qualquer lugar através de smartphones e PCs, por meio do recurso 360 graus.

A Stock Car promoveu ainda uma demonstração da primeira rede privativa 5G em um autódromo no Brasil. A iniciativa ocorreu no autódromo Velocitta, em Mogi Guaçu (SP), durante a etapa disputada nos dias 5 e 6 de agosto. O intuito era disponibilizar casos de uso avançados e recursos como streaming 4K, vídeo de 360 graus e telemetria mais sofisticada para carros de corrida. Toda a rede privativa 5G foi provida pela empresa Baicells, usando a plataforma Qualcomm FSM 5G RAN.