Shell tem etapa atribulada no Velocitta, mas segue com Zonta e Petecof no top10 da Stock Car

Principal patrocinadora do esporte a motor no mundo, a Shell não repetiu na segunda passagem da Stock Car pelo Velocitta o exuberante desempenho de agosto, quando Ricardo Zonta fez pole, recorde e vitória na corrida 1 e Gianluca Petecof saiu do fim de semana como maior pontuador.

A dupla teve uma jornada atribulada neste domingo, mas segue consistente no top10 da tabela de classificação. Zonta é sétimo colocado com 205 e Petecof vem imediatamente atrás, com 204.

Ambos conservam chances de título, que será definido nas próximas duas etapas, em Cascavel e Interlagos.

A penúltima etapa da temporada acontece na pista do oeste paranaense nos dias 25 e 26 de novembro.

 

As Corridas:

Zonta largou em 11º e fez uma escalada consistente no primeiro stint. Ele entrou nos pits na volta 11, em sexto lugar. Uma volta depois outro piloto saindo dos pits não respeitou a trajetória do Toyota Corolla #10, que vinha lançado por dentro na curva 1. O choque foi inevitável. Zonta abandonou e o adversário acabou posteriormente desclassificado.

Mas os danos impediram o ex-F1 de largar na corrida 2.

Petecof também foi sólido em seu primeiro stint. Após largar de 21º, o melhor estreante da Stock Car em 15 anos entrou nos pits em oitavo na volta 13. Com o pelotão reordenado, Gianluca figurava em 19º. Ele então aproveitou a relargada da volta 16 e avançou mais uma posição, para pontuar com o 18º lugar.

Na corrida 2, Petecof tracionou bem na largada e soube se posicionar. Ele fechou a primeira volta em 14º. Vinha uma posição à frente na volta 2, quando seu carro ficou sem roda, forçando o piloto Shell a abandonar.

 

O que eles disseram:

“Estava brigando pela sexta posição, a equipe fez um ótimo trabalho na parada de box e já estávamos estudando a segunda bateria, ficar entre os seis primeiros seria ótimo para nós. Um carro saindo do box não respeitou a minha preferência de curva, tocou em mim, quebrou a suspensão do meu carro e me tirou das duas baterias. Zerei na pontuação e é uma pena. A saída do box sempre tem que respeitar o piloto que vem por dentro e infelizmente ele não respeitou.”

Ricardo Zonta

 

“Uma pena, a gente tinha feito um ótimo trabalho para preparar o carro para a segunda corrida. Um toque na primeira volta comprometeu a roda que veio a quebrar algumas voltas depois. Acho que daria para ter aproveitado um pouco mais a etapa, mas faz parte. Seguimos firmes no campeonato e temos mais duas etapas para avançar até onde a gente espera.”

Gianluca Petecof

 

Stock Car – Classificação após 10 etapas (top10):

  1. Gabriel Casagrande 277
  2. Felipe Fraga 247
  3. Thiago Camilo 242
  4. Rubens Barrichello 237
  5. Daniel Serra 229
  6. Rafael Suzuki 221
  7. Ricardo Zonta 205
  8. Gianluca Petecof 204
  9. Ricardo Mauricio 190
  10. Felipe Baptista 186