Os vencedores das primeiras etapas da Stock Car em 2024

A Stock Car é reconhecida pelo alto nível dos seus pilotos, pelo equilíbrio e competitividade exibida nas pistas, com resultados completamente imprevisíveis. A temporada 2024 tem entregado ainda mais ação e emoção com uma incrível alternância de vencedores. Até o momento, em sete corridas disputadas, a categoria já viu sete pilotos diferentes no topo do pódio.

O primeiro vencedor do ano é, também, o atual líder do campeonato. Rafael Suzuki triunfou na corrida sprint da etapa inaugural do calendário, em 2 de março, no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia.

Outra novidade para a temporada, a corrida principal, mais longa, de 50 minutos, teve como primeiro vencedor o jovem Felipe Baptista. O paulista largou da pole position, obtida no sábado, para cruzar a linha de chegada na frente, seguido por Felipe Massa.

Massa, aliás, escalou o topo do pódio na terceira corrida do ano. Na sequência da sua união com a TMG, o ex-piloto de F1 venceu a corrida sprint da etapa do Velocitta, em 22 de março. A rodada no interior paulista, contudo, não foi concluída em razão da forte chuva que desabou sobre a região do circuito no domingo. A prova será disputada em 28 de junho, na última sexta-feira do sexto mês do ano.

Interlagos foi o palco da terceira etapa do campeonato, entre 20 e 21 de abril. O templo do automobilismo brasileiro viu o triunfo do gaúcho Cesar Ramos, com o Toyota Corolla da Ipiranga Racing, na corrida mais curta do fim de semana. Foi a terceira vitória do piloto na Pro Series, sendo a primeira como piloto da Stock Car em Interlagos.

No domingo, foi a vez de a estrela de Gaetano Di Mauro brilhar. Depois de levar a melhor no duelo contra o campeão de 2015 e pole position, Marcos Gomes, o paulista também triunfou e Interlagos na Stock Car pela primeira vez na carreira — foi a segunda vitória de Gaetano na categoria, repetindo o feito que havia alcançado no Velopark, em 2022. De quebra, Di Mauro levou a Cavaleiro Sports pela primeira vez ao topo do pódio na Stock Pro.

Em maio, foi a vez de Cascavel (PR) voltar a receber a Stock Car, novamente com duas emocionantes corridas no Autódromo Internacional Zilmar Beux. Dudu Barrichello brilhou novamente no oeste do Paraná e repetiu o feito de 2023 ao triunfar na corrida sprint, de sábado, depois de ter deixado para trás nomes de muita história na categoria: Ricardo Zonta e Ricardo Maurício. Foi o segundo triunfo de Dudu na Stock Car e também o segundo em Cascavel.

O sétimo vencedor diferente da temporada 2024 foi definido no dia seguinte. Tudo indicava que Daniel Serra, pole position em Cascavel, partiria para mais uma vitória na carreira, mas o tricampeão foi traído por um problema no eixo de transmissão do seu carro e ficou a pé. Quem ficou com a vitória foi Bruno Baptista (RCM Motorsport), que desta forma agora tem três triunfos em Cascavel e passa a ser um dos reis da pista, ao lado de Átila Abreu, Marcos Gomes e Thiago Camilo.

Serra terá mais uma chance de vencer pela primeira vez na temporada. O piloto da Eurofarma RC conquistou a pole position para a etapa do Velocitta, em março, e largará na frente para o complemento da segunda rodada do campeonato. Caso converta a pole position em vitória, Daniel será assim o oitavo piloto diferente a terminar na frente uma corrida no campeonato em oito corridas disputadas.

Todos os vencedores da Stock Car 2024

Etapa 1, Goiânia (GO)
Corrida sprint: Rafael Suzuki (Chevrolet Cruze/TMG Racing), 1º no campeonato (285 pontos)
Corrida principal: Felipe Baptista (Toyota Corolla/Crown Racing), 4º no campeonato (238 pontos)

Etapa 2, Velocitta (SP)
Corrida sprint: Felipe Massa (Chevrolet Cruze/TMG Racing), 6º no campeonato (228 pontos)

Etapa 3, Interlagos (SP)
Corrida sprint: Cesar Ramos (Toyota Corolla/Ipiranga Racing), 15º no campeonato (150 pontos)
Corrida principal: Gaetano Di Mauro (Chevrolet Cruze/Cavaleiro Sports), 19º no campeonato (119 pontos)

Etapa 4, Cascavel (PR)
Corrida sprint: Dudu Barrichello (Toyota Corolla/Mobil Ale Full Time), 8º no campeonato (214 pontos)
Corrida principal: Bruno Baptista (Toyota Corolla/RCM Motorsport), 11º no campeonato (191 pontos)