Muggiati lamenta acidentes em Cascavel

A etapa de Cascavel da Stock Car disputada neste final de semana, ficou marcada pelos acidentes envolvendo os pilotos da nova geração. Pior para o paranaense Zezinho Muggiati, que terminou a etapa sem somar pontos e não conseguiu avançar na classificação do campeonato mesmo tendo um bom carro.

No sábado (18), o piloto escapou na Curva do Bacião, após pegar a parte suja da pista em uma disputa por posições. Neste domingo, na segunda volta de prova, Muggiati já havia conquistado quatro posições quando foi tocado por Gianluca Petecof e se envolveu em um forte acidente que acabou com a sua corrida e a de Arthur Leist e Gaetano de Mauro.

“Infelizmente perdemos uma grande chance de avançar no campeonato. A equipe me entregou um carro muito bom, com pneus novos e muitos pushs para serem utilizados. Certamente, tinha condição de ficar entre os dez primeiros e somar pontos importantes”, lamentou o piloto que tem em seu carro as marcas do Grupo Potencial, FoxLux/Famastil, Paybrokers, Philco, Grupo Pinho, BRG Geradores, GCF Transportes, Engepeças, Demobile, The Basement, Motorfix, Sanepar, Copel e Prefeitura de Curitiba através dos projetos de incentivo ao esporte.

Agora, o pensamento é consertar os estragos no carro e se preparar para a etapa marcada para o dia 30 de junho, excepcionalmente, com três corridas, no Autódromo do Velocittà, em Mogi Guaçu.

“Temos uma corrida da segunda etapa que será disputada na sexta-feira, além da programação normal de uma etapa no sábado e domingo. Então, são quase 200 pontos em disputa. Vamos com tudo para tentar escapar das confusões e buscar os resultados que estou precisando para subir na classificação”, conclui Muggiati.