Ipiranga Racing tem resultado ruim em dia de boa performance

A dobradinha nos lugares mais altos do pódio de 2021 em Cascavel provavelmente não se repetiria, mas Thiago Camilo e Cesar Ramos tinham excelentes chances de brigar pelas primeiras posições na corrida de hoje. Cesar largou em 5º e Thiago em 7º, e mantiveram as posições no início da corrida que encerrou a quarta etapa da temporada 2024 da Stock Car.

Quando a janela de pit stop foi aberta, ainda com Cesar em 5º e Thiago em 7º, os Toyota número 30 e 21 da Ipiranga Racing se mantiveram na pista e só fizeram a troca dos pneus nas voltas 22 e 24. Os dois trocaram os pneus de apoio, do lado direito do carro, e voltaram para a pista em 7º (Camilo) e 8º (Ramos) lugares, com bom desempenho e chances de ganharam posições.

Com pneus frios na volta à pista, Camilo errou na aproximação da curva 1, escapou, bateu de leve na barreira de pneus e voltou em 20º lugar. Mesmo com o carro quebrado na parte traseira direita, o que atrapalhou sua performance nas voltas finais, ainda recebeu a bandeira quadriculada em 16º.

Na 32ª volta, Cesar Ramos estava em quinto, uma posição à frente de Ricardo Mauricio, quando quebrou o semieixo da junta homocinética. Conseguiu trazer o carro até o box, e a equipe começou um trabalho frenético para consertar e mandar o Toyota #30 de volta à pista, o que aconteceu na penúltima volta. O objetivo – alcançado e muito comemorado no box da Ipiranga Racing – era completar 33 voltas, ou 75% das voltas, e conseguir os 11 pontos do 22º lugar.

Apesar dos resultados ruins, esse foi o domingo de melhor performance da Ipiranga Racing na temporada 2024, o que faz prever a continuidade na linha de evolução da equipe na próxima etapa, no Velocitta, dia 30 de junho.