Felipe Massa doa R$ 1,5 milhão para auxiliar na reconstrução de áreas afetadas no Rio Grande do Sul

O ex-piloto de Fórmula 1 Felipe Massa anunciou a doação de R$ 1,5 milhão para ajudar na reconstrução das áreas afetadas pelas enchentes no Rio Grande do Sul. A quantia foi arrecadada através da venda de três macacões de corrida, usados pelo piloto nas temporadas 2007, 2012 e 2013 pela Ferrari: dois foram adquiridos por um parceiro na ação por US$ 100 mil e o terceiro leiloado em Barcelona por € 200 mil.

A doação será destinada ao Instituto Cultural Floresta (ICF), uma organização sem fins lucrativos que, desde sua fundação em 2016, trabalha para mobilizar a sociedade civil e colaborar com o poder público na melhoria da segurança e educação no Rio Grande do Sul. Nos últimos meses, a instituição se destacou por seu engajamento no resgate às vítimas das enchentes e agora está intensamente envolvido na reconstrução das áreas devastadas.

Felipe Massa conheceu o trabalho do instituto através de seu amigo, o empresário Pedro Bartelle. Reconhecendo a importância das ações do ICF, Massa decidiu direcionar sua doação à organização, destacando a necessidade contínua de apoio ao estado do Rio Grande do Sul.

“É o meu pedido de ajuda pra cada um de vocês ajudarem como puderem e irem atrás de instituições que estão fazendo um grande trabalho. As ajudas precisam continuar”, afirmou Massa.

Com quase oito anos de existência, o Instituto Cultural Floresta tem se dedicado ao fortalecimento das forças de segurança do estado, contribuindo para a redução dos índices de violência através da doação de equipamentos, viaturas e armas. Diante da tragédia causada pelas enchentes, o ICF ampliou sua atuação para auxiliar na recuperação das comunidades atingidas, reforçando seu compromisso com o bem-estar da população gaúcha.