Fator Interlagos: o desempenho recente na pista vai pesar na decisão do título da Stock Car

Palco mais célebre do esporte a motor nacional e casa brasileira do Mundial de Fórmula 1, Interlagos receberá pela 40ª vez uma etapa final da Stock Car Pro Series. Gabriel Casagrande, Daniel Serra, Felipe Fraga, Thiago Camilo, Rafael Suzuki, Rubens Barrichello e Ricardo Zonta decidem, neste fim de semana (16 e 17/12), quem vai levantar o troféu de campeão.

Utilizando o atual sistema de pontuação, um levantamento que considerou as 11 últimas provas disputadas pelos finalistas no autódromo paulistano oferece indicativos de quem pode prevalecer na briga pelo título. Por serem mais recentes, estes números mostram uma tendência mais precisa por envolverem em sua maioria as atuais equipes de cada competidor e, também, o atual estágio de domínio de cada um no traçado paulistano de 4.309 metros.

Casagrande é o atual líder da tabela de pontos. No recorte usado no levantamento dos resultados recentes, as 11 últimas provas disputadas em Interlagos, o campeão de 2021 conquistou duas poles e foi primeiro colocado duas vezes, em 2022 e 2023, além de ter sido o finalista que mais pontuou no período, registrando 172 tentos. Entretanto, na última visita da Stock Car no autódromo, em julho deste ano, Gabriel zerou na pontuação.

No mesmo período, o vice-líder da classificação, Daniel Serra, teve como melhores resultados o segundo lugar, conquistado em três oportunidades (2021, 2021 e 2023). Serrinha marcou um total de 150 pontos na soma das últimas 11 provas da Stock Car em Interlagos.
O terceiro piloto que mais teve bons resultados em Interlagos naquele período é, na teoria, quem tem menos chances de ser campeão no domingo. Vencedor de uma das provas na etapa realizada em julho, Ricardo Zonta anotou 146 pontos nas últimas 11 corridas no traçado paulistano – fazendo de Interlagos uma de suas pistas prediletas.

Tabu de Barrichello — Thiago Camilo é um nome histórico da Stock Car e, em especial, em Interlagos, onde registrou sete primeiros lugares na carreira, sendo o segundo piloto em atividade com mais vitórias naquela pista — empatado com Cacá Bueno. Sem dúvida, essa afinidade com o traçado pode ajudá-lo na briga pelo título. Nas 11 provas mais recentes que disputou lá, Camilo acumulou um total de 127 pontos, tendo como melhor resultado o primeiro lugar obtido em 2021.

Felipe Fraga tem grandes memórias de Interlagos, onde alcançou e mantém até hoje os recordes de precocidade como mais jovem vencedor (aos 18 anos, em 2014) e de campeão mais novo (aos 21, em 2016). Em suas 11 últimas corridas no autódromo na Zona Sul paulistana, Fraga venceu uma vez — no ano passado — e totalizou 112 pontos.

Já Rubens Barrichello tem uma história complexa com a pista. Embora tenha sido coroado bicampeão da Stock Car no ano passado acelerando no ‘templo’, Rubinho nunca venceu em Interlagos —, e esse é um tabu que persegue até hoje, aos 51 anos de idade. Seu melhor resultado em corrida no recorte usado no levantamento foi justamente no fim de semana de conquista do seu segundo título, com um terceiro lugar, marcando 98 pontos neste período.

Rafael Suzuki fecha a lista de pontuação obtida recentemente pelos sete finalistas de 2023. Pela primeira vez entre os candidatos ao título na última etapa da Stock Car, o piloto da Pole Motorsport alcançou seu melhor resultado em Interlagos justamente na atual temporada, tendo subido ao pódio com um segundo lugar, em abril. O paulista de 36 anos acumulou 62 pontos nas 11 corridas mais recentes que disputou no circuito paulistano.

Confira o desempenho dos sete finalistas nas 11 últimas corridas de cada piloto em Interlagos:

Gabriel Casagrande
Total de pontos: 172
Melhores resultados: 2 vitórias (2022 e 2023)

Daniel Serra
Total de pontos: 150
Melhores resultados: 2º lugar (2021, 2021 e 2022)

Felipe Fraga
Total de pontos: 112
Melhor resultado: 1º lugar (2022)

Thiago Camilo
Total de pontos: 127
Melhor resultado: 1º lugar (2021)

Rafael Suzuki
Total de pontos: 62
Melhor resultado: 2º lugar (2023)

Rubens Barrichello
Total de pontos: 98
Melhor resultado: 3º lugar (2022)

Ricardo Zonta
Total de pontos: 146
Melhor resultado: 1º lugar (2023)

Nota: considerando o sistema de pontuação atual