Cascavel tem corridas espetaculares e primeira vitória de Massa na Stock Car

Na penúltima etapa da temporada 2023 da Stock Car Pro Series não faltou emoção. Bruno Baptista e Felipe Massa foram os vencedores das duas corridas disputadas neste domingo (26) no Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel (PR), pela 11ª rodada do campeonato. O dia começou com a primeira corrida ainda com o asfalto molhado e a largada em regime de safety car. Na segunda prova a pista já estava seca e a largada foi do modo tradicional, com duas filas paralelas. A primeira prova teve Baptista como vencedor e a segunda prova coroou Felipe Massa com a sua primeira vitória na categoria.

Em uma pista rápida como Cascavel, com apenas oito curvas e mais de 170 km/h de média por volta, o desafio para o sistema de freios dos carros da Stock Car, composto pelas pastilhas de freio Fras-le e pelos discos de freio da Fremax, a exigência com os freios, bem como as temperaturas do final de semana não foram das mais altas. De acordo com os departamentos de engenharia das duas fornecedoras oficiais, o circuito do oeste paranaense é o menos exigente com os freios da categoria.

Com a pole position para a primeira corrida, Baptista liderou o pelotão quando o safety car deixou a pista e tinha Daniel Serra em seu encalço. Serra fez a sua parada logo na abertura da janela de pit stop na nona volta e trocou apenas o pneu traseiro esquerdo.

Baptista parou na volta seguinte, com a mesma estratégia de trocar apenas o pneu traseiro esquerdo. No retorno à pista, Bruno estava a 0.022 atrás de Serra. Os dois passaram a trocar as posições na disputa com os botões de ultrapassagens, com manobras espetaculares por fora na primeira curva do veloz circuito, até Baptista defender bem sua posição durante um acionamento de Serra e na volta seguinte a diferença entre eles já era maior do que um segundo de vantagem para Baptista. O piloto da RCM segurou bem os ataques para receber a bandeira quadriculada com vantagem de 0.370 sobre Serra. O terceiro lugar ficou com Guilherme Salas.

Para a segunda corrida, com a inversão dos 10 primeiros colocados do grid, quem largou da primeira fila foram os pilotos Lucas Foresti e Felipe Massa. Com a pista seca, a largada foi feita da forma tradicional.  Massa logo colocou-se no encalço de Foresti e concluiu a ultrapassagem pouco antes dos pit stops.

Na abertura da janela de paradas obrigatórias da segunda corrida, Massa era o piloto que liderava o pelotão com vantagem de três segundos para Foresti, que parou na volta seguinte enquanto Massa se manteve na pista até a 11ª volta, abastecendo e trocando o pneu dianteiro direito, voltando à frente de Foresti.

A oito minutos do final, quatro pilotos estavam diretamente na briga pelo segundo lugar. Átila Abreu atacou Foresti para assumir a segunda posição, enquanto Ricardo Maurício e Ricardo Zonta esperavam uma brecha para tentar se beneficiar, trocando de posição entre si em grandes disputas. Faltando cinco minutos para o fim, Zonta ultrapassou Foresti e assumiu momentaneamente a terceira colocação.

Massa levou a bandeira quadriculada como vencedor pela primeira vez na categoria, com Átila Abreu em segundo e Ricardo Maurício superando Zonta na última volta para ficar com o terceiro lugar.

Para os líderes do campeonato, à exceção de Daniel Serra, um final de semana difícil. Gabriel Casagrande, maior pontuador da temporada, classificou-se apenas na 26ª posição no sábado chuvoso em Cascavel, e terminou as corridas em 18º e 17º, apenas. Então vice-líder, Felipe Fraga foi 16º e 25º, enquanto Thiago Camilo não passou de um 15º lugar na primeira prova e do abandono na segunda. Rubens Barrichello também não teve vida fácil: 17º na primeira prova e um abandono na segunda.

Daniel Serra, então quinto no campeonato, reassumiu a vice-liderança ao ser o maior pontuador do final de semana com um segundo e um sétimo lugar, agora apenas 15 pontos atrás de Casagrande, que tinha 31 de vantagem. O campeão de 2021 soma 286 pontos. Felipe Fraga é o terceiro colocado, Thiago Camilo o quarto e Rafael Suzuki completa o top-5.

A última etapa da Stock Car Pro Series está programada para os dias 16 e 17 de dezembro.