Camilo bate adversários e termina como mais rápido TL2 da Stock Car em Cascavel

Thiago Camilo foi o mais rápido do segundo treino livre da Stock Car em Cascavel. Na sessão realizada na nublada e gelada manhã deste sábado (25), o piloto do grupo dois conseguiu superar os adversários para terminar a atividade na frente.

Essa era a última atividade antes da classificação para a definição do grid para a corrida do domingo. Como de costume, o pelotão foi dividido em dois grupos com 30 minutos de duração cada um.

Com 1min03s586, Rafael Suzuki era o primeiro colocado da tabela de tempos. Julio Campos e Ricardo Zonta vinham na sequência do competidor da Pole Motorsport, fechando os três mais rápidos momentâneos em Cascavel.

Nesse primeiro grupo, entre o ponteiro da tabela e Cacá Bueno, que ocupava o 12º posto, 0s883 separavam os competidores. Já do primeiro colocado e o 14º, Lucas Kohl, abrangendo todo o pelotão na pista, era só 1s034 que os separavam.

O cronômetro seguia rodando no circuito da cidade paranaense e baixando o tempo para 1min03s089, Marcos Gomes era o novo líder do treino. Felipe Fraga, Ricardo Maurício, Ricardo Zonta e Suzuki completavam as cinco primeiras colocações.

Bandeira quadriculada e nos últimos instantes deu para as coisas mudarem bastante. Felipe Baptista se catapultou para a ponta como o mais veloz com 1min02s929, enquanto apenas 0s053 mais lento, Lucas Foresti foi segundo. Gomes, Gianluca Petecof e Fraga completaram os cinco primeiros do grupo 1.

Desta primeira leva de competidores, Petecof foi quem mais rodou durante a sessão com 21 voltas completadas. Por outro lado, com apenas 12 giros feitos, Campos foi quem menos correu.

Encerrada a primeira metade do treino, as luzes logo se apagaram e o pitlane abriu para a saída do segundo grupo de pilotos. Obviamente, não demoraram a irem para o traçado aproveitarem os 30 minutos de sessão.

Após as primeiras voltas de instalação, Daniel Serra  era o mais rápido na pista com 1min03s533. O competidor, inclusive, já aparecia na décima posição geral, conseguindo se infiltrar entre os nomes do primeiro grupo.

As voltas vinham caindo vertiginosamente a medida que as condições da pista vinham melhorando. Thiago Camilo era o novo líder com 1min02s806, 0123 mais rápido que Felipe Baptista.

Do segundo grupo, além de Camilo, que ponteava a atividade, Nelsinho Piquet, sétimo, e Guilherme Salas, nono, estavam dentro do top-10 e misturados com os competidores do grupo 1.

Bandeira quadriculada e ainda houve espaço de melhora entre os competidores na pista. Apesar de as três primeiras colocações se manterem, o líder do campeonato Gabriel Casagrande conseguiu saltar para a quarta colocação, enquanto Bruno Baptista completou o top-5.