Chinês Ma Qing Hua vence segunda bateria nas ruas de Portugal

A segunda corrida do WTCC em Vila Real começou com um acidente e terminou com outro. Tiago Monteiro abandonou logo na primeira volta, quando tentou passar pelo meio dos Lada de Nicky Catsburg e Jaap van Lagend, colidindo com ambos e eliminando o segundo deles. Catsburg acabou abandonando mais tarde, despistando-se quando faltavam três voltas e levando à interrupção da corrida por bandeira vermelha.

Longe disto, o piloto chinês Ma Qing Hua venceu a prova, afastando-se rapidamente de Yvan Muller, depois que o Safety Car voltou aos boxes, no início da sexta volta. Ma não teve adversários e bateu o seu companheiro de equipe na Citroën com mais de cinco segundos de vantagem. Catsburg manteve-se em terceiro até cometer um erro, abrindo a porta para Gabriele Tarquini passar. Quando Norbert Michelisz e Sébastien Loeb tentaram fazer o mesmo, o húngaro passou, mas Loeb levou um toque do Lada e acabou na barreira de pneus.

Com isto, José María López subiu para a quinta posição, mantendo a pressão sobre Michelisz. Catsburg ainda ficou classificado em sexto, apesar do seu acidente, já que a classificação oficial foi da 11ª volta. Hugo Valente, que estava pressionando o holandês até o acidente, ficou apenas na sétima posição.

Confira o resultado da segunda bateria:

1º Ma Qing Hua (Citroën) 11 voltas

2º Yvan Muller (Citroën) a 5.573

3º Gabriele Tarquini (Honda) a 10.812

4º Norbert Michelisz (Honda) a 11.982

5º José María López (Citroën) a 12.423

6º Nicky Catsburg (Lada) a 15.177

7º Hugo Valente (Chevrolet) a 15.639

8º Nestor Girolami (Honda) a 16.060

9º Rob Huff (Lada) a 16.669

10º Mehdi Bennani (Citroën) a 17.174