Mascarello converte pole em vitória na corrida 1 da Porsche Cup no Velocitta

Raijan Mascarello é o grande vencedor da primeira corrida do final de semana da Carrera Cup no Velocitta. Na quente e ensolarada manhã deste sábado (6), o piloto mostrou bom ritmo para converter sua pole-position em uma dominante vitória na Porsche Cup.

Como no restante das atividades, o calor predominava no circuito do interior de São Paulo. O termômetro já marcava 30ºC, enquanto o asfalto batia 48ºC e o vento soprava a 5,5 km/h.

Para esta primeira disputa, quem alinhou na primeira colocação do grid foi Raijan. Quem completou a primeira fila em Mogi Guaçu foi Marçal Müller, atual líder da classificação.

Saiba como foi a corrida 1 da Carrera Cup da Porsche Cup no Velocitta:

Largada autorizada e Mascarello se manteve na primeira colocação, enquanto Müller tentou pressionar o ponteiro. Enquanto isso, Miguel Paludo saltou do sexto posto e colocou lado a lado para tentar assumir a segunda colocação, mas não conseguiu se adiantar, tendo de ficar no terceiro posto.

Mas ainda no primeiro giro, o safety-car precisou ser acionado. O motivo foi que na largada, Rodrigo Mello, Marco Pisani e Lucas Salles acabaram se envolvendo em um incidente e o trio ficou parado na área de escape, sem possibilidade de retornar ao traçado. Enquanto isso, Carlos Campos também esteve no bolo, mas contornou e voltou.

Relargada autorizada e Raijan se manteve na primeira colocação, seguido por Müller, Paludo, Christian Hahn e Pedro Aguiar completando as cinco primeiras colocações. Além de primeiro geral, Mascarello liderava na Spprt, enquanto Leo Sanchez era o primeiro na classe Rookie.

Com 17 minutos para o encerramento da prova, Marçal, que sustenta a liderança da classificação da Carrera Cup, começou a tirar todo o atraso que tinha para o primeiro colocado. Agora, o #544 já estava a 0s265 atrás, além de ter feito a melhor volta com 1min29s384.

Com o andar da corrida, a direção de prova indicou punição com drive-through para Gustavo Zanon, Carlos Campos e Mello por queima de largada. Ainda, o incidente na curva 1 estava sob investigação.

Andando a prova, Mascarello conseguia o esforço heroico de se manter na primeira colocação mesmo sendo da classe Sport contra pilotos da classe geral. Müller tentava se aproximar, mas o respiro entre os competidores já  havia crescido para -s693. Paludo, Hahn e Aguiar completavam o pódio do momento.

Cinco minutos para a quadriculada e Mascarello vinha liderando a geral da Carrera Cup e a classe Sport. Enquanto isso, mais para baixo, Israel Salmen era o primeiro colocado na categoria Rookie, sendo o 15º na classificação geral.

Aberta a última volta e Müller havia baixado para menos de 0s5 seu atraso para Raijan. Mas enquanto seguia na caçada para assumir a primeira colocação, também precisava lidar com a aproximação perigosa de Miguel Paludo, que estava determinado a ser o segundo.

Na bandeira quadriculada, nada mudou. Mascarello garantiu o degrau mais alto do pódio tanto da classificação geral quanto Sport. Müller, Paludo, Hahn e Aguiar completaram o pódio. Na Rookie, Salmen foi quem venceu.