Leite vem no cronômetro zerado e fica com pole da Sprint Challenge da Porsche Cup no Estoril

Sadak Leite é quem vai sair na frente na classe Sprint Challenge da Porsche Cup em Portugal. Na classificação desta manhã de sábado (29), nem mesmo as condições molhadas foram capazes de parar o titular do Porsche #66 de conseguir mais uma posição de honra do grid.

Mal deu um respiro no Estoril e já tinha Porsche acelerando de novo no traçado. Dessa vez, começou com os competidores da Sprint Challenge Rookie para darem suas voltas rápidas que, assim que os boxes abriram, logo foram para o traçado.

Com quatro minutos restando no relógio, Caio Chaves, o caçula do grid, estava na primeira colocação momentânea com 2min04s444. Claudio Simão e Claudio Reina vinham na sequência.

No final, a chuva estava apertando, mas não impediu com que os competidores baixassem ainda mais seus tempos. Com o relógio já zerado, Lucas Locatelli achou desempenho no finalzinho e cravou 2min01s575 para ficar com a pole da classe, com Alceu Feldmann Neto, 0s677 mais lento, em segundo.

Chegou agora a vez de os competidores da classe Sport irem ao traçado. As condições ainda estavam bastante complicadas com o asfalto ainda muito molhado e a chuva seguia sendo uma questão durante a sessão.

Quando vinha em sua volta rápida, Leonardo Herrmann acabou vítima da pista molhada. O piloto perdeu a traseira, rodou e foi para a caixa de brita, batendo no muro de proteção. Por conta disso, precisou ser dada uma bandeira vermelha para a retirada do carro do local.

Então, após os primeiros giros cronometrados no Estoril, foi Célio Brasil quem se colocou como o mais rápido da classe com 2mmin04s776 – o competidor não conseguiu se colocar entre as primeiras posições gerais por conta das condições da pista, sendo o sexto da tabela.

Os pilotos liberados para a pista agora eram os da classe principal da Sprint Challenge. Eles seriam os últimos a fazerem os giros para se colocarem dentro do top-10 para brigar pela pole-position.

Após os primeiros pilotos começarem a acertar suas voltas, mais uma bandeira vermelha se fez necessária em Portugal. Dessa vez, o motivo foi Luiz Souza quem a provocou após perder o carro no momento da freada, acertando com violência o guard-rail e destruindo seu Porsche, deixando muito detrito na pista.

A chuva não dava trégua em Portugal e a ordem na tabela estava com Locatelli na primeira colocação, seguido por Feldmann Neto, que teria dez posições de punição para pagar, Célio Brasil, Caio Chaves e Claudio Simão completando as cinco primeiras posições.

Bandeira verde e sessão enfim recomeçada no Estoril. Nomes como Miguel Mariotti, Gerson Campos, Antonella Bassani e Caio Castro, este precisando pagar punição, estavam indo à pista neste momento.

Quando Mariotti, líder do campeonato, vinha em seu giro rápido, o piloto acabou rodando. Nisso, Antonella, atual campeã e vice-líder, vinha atrás e acabou perdendo seu giro.

Três minutos para a bandeira quadriculada e Sadak Leite era o primeiro colocado com 2min01s134. Locatelli, Feldmann Neto, Castro, Mariotti, Cristian Mohr, Bassani, Célio Brasil, Chaves e Gerson Campos estavam dentro do top-10 momentâneo.

Sadak, Locatelli, Mariotti, Mohr, Bassani, Feldmann Neto, Castro, Brasil, Chaves e Campos eram os nomes que iriam brigar pela pole-position da etapa de Estoril da Sprint Challenge da Porsche Cup.

Iniciada a última fase da classificação e eles vinham na pista para tentar a posição de honra do grid em Portugal. Os competidores não demoraram em deixar os boxes para fazerem suas voltas.

Menos de cinco minutos para o encerramento e Gerson era o mais rápido do momento, mas foi superado por Sadak Leite com 2min01s486, superando o antigo tempo em 0s3.

Nos instantes finais, alguns reveses dos pilotos. Primeiro, Alceu foi para a caixa de brita e ficou ali preso, e instantes depois, foi a vez de Miguel rodar e também ficar na área de escape – mas era ele quem sustentava a pole provisória.

Então, de maneira impressionante, mesmo com o carro balançando, Leite saltou para a ponta com 2min00s245, nada menos que 0s5 de vantagem em cima de Mariotti. Com isso, arrematou a pole-position da Sprint Challenge em Portugal.