Hahn é mais rápido no molhado e consegue pole da Porsche Cup no Estoril

Cristian Hahn vai largar da pole-position para a corrida 1 da Carrera Cup em Portugal. Na molhada manhã deste sábado no Estoril (29), a Porsche Cup realizou a classificação e conseguindo fazer o melhor das condições complicadas, foi o mais rápido para sair na frente.

Para a primeira tomada de tempos do dia, os competidores teriam o desafio de pista molhada. Assim como todo o final de semana, a chuva marcou presença e deu os elementos para um grid bastante misto.

Bandeira verde no Estoril e o primeiro grupo de pilotos foi liberado a deixar os boxes. Nesta primeira fase, os titulares da Rookie é que dariam suas voltas para garantir suas posições de largada para as corridas do final de semana.

Após os primeiros giros, Bruno Campos foi o primeiro a aparecer na primeira colocação da tabela e por conta das condições complicadas do traçado, a marca foi de 2min03s631, acima do que foi visto durante a sexta-feira.

A medida que o relógio rodava em Portugal, os tempos vinham caindo de pouco em pouco. Agora, Gustavo Zanon é quem estava com a pole provisória da classe ao anotar 1min58s534, seguido por Eduardo Menossi e Campos.

Bandeira quadriculada para o primeiro grupo e a ordem foi Menossi na primeira colocação como o mais rápido com 1min56s473. Caso a chuva apertasse no Estoril, havia chances de os próximos pilotos não fazerem tempo superior e Edu largar das primeiras colocações. Mais tarde, o piloto perdeu sua melhor volta por ter cruzado a faixa branca dos boxes.

Agora, liberados os competidores da classe Sport para irem à pista. Com 1min57s646, Gustavo Farah era o primeiro piloto a se colocar na ponta após os primeiros giros, com Chico Horta vindo na sequência considerando apenas os pilotos da classe.

Pelas câmeras de transmissão, era possível observar que o spray levantado do asfalto estava bastante grande, prejudicando a visão dos pilotos em Portugal. Neste ponto, Campos também perdeu a volta da Rookie por ultrapassar Israel Salmen.

Completando o segundo grupo da Carrera Cup, Diogo Ferrão era o mais veloz do pelotão com 1min56s072, tempo já bastante mais veloz do que o primeiro feito por Bruno Campos no início da sessão. Peter Ferter e Raijan Mascarello completavam o top-3 da classe Sport.

Chegou o momento do último grupo para definirem os dez mais velozes para brigarem pela pole-position. Para este momento, a chuva deu uma leve trégua no circuito, o que poderia ajudar a dar mais uma derrubada nos tempos de classificação.

Com oito minutos restando no relógio, ainda não haviam sido feitos tempos da classe principal da Carrera Cup. Foi só quase dois minutos mais tarde que os marcos começaram a aparecer e com 1min54s462, Christian Hahn era o mais rápido geral, com Marçal Müller, piloto que liderou a sexta-feira, em segundo.

No momento, os dez mais rápidos da pista eram Hahn, Thiago Vivacqua, Müller, Diogo Ferrão, Werner Neugebauer, Franco Giaffone, Leando Martins, Ferter, Alceu Feldmann e Raijan Mascarello completando.

Encerrada a fase para se colocar dentro do top-10 e uma das grandes surpresas do pelotão era Miguel Paludo fora da briga pela pole-position.

Começada a última fase da classificação e os competidores estavam lutando para garantir a pole-position para a corrida 1 da Porsche Cup em Portugal. Com os boxes abertos, não demoraram a ir para a pista para suas voltas rápidas.

Com 1min54s408, Hahn era o primeiro colocado – o piloto já era quase 10s mais rápido do que o início da sessão. Müller, Neugebauer e Vivacqua completavam as duas primeiras filas de largada provisória.

Na última tentativa, Neugebauer ainda deu uma escapada da pista, mas conseguiu retomar o traçado. E após o encerramento do relógio, é Hahn quem vai sair da posição de honra do grid, com Müller completando a primeira fila.

Werner, líder da classificação, é apenas quinto.