Christian Hahn é o mais veloz do dia na Porsche Cup C6 Bank no Velocitta

A segunda etapa da Porsche Cup C6 Bank começou sob altas temperaturas e muita velocidade em Mogi Guaçu. Com a temperatura ambiente em mais de 30ºC e mais de 50ºC no asfalto, o fim de semana começou bastante exigente para pilotos e para os carros de competição mais produzidos no planeta. Curiosamente, os mais rápidos das principais categorias foram pilotos que regressam ao evento neste ano após 2023 distantes do maior evento de GT da América Latina: Chris Hahn pela Carrera Cup e Caio Castro na Challenge.

Nome do dia na Carrera, Christian Hahn anotou 1:28.578 em sua melhor passagem pela pista de 3.438m com o Porsche #26. Ele ficou 0.179s à frente de Pedro Aguiar, piloto do Porsche #20. A sessão dos carros da geração 992 teve nada menos que 14 dos 29 inscritos separados por margem inferior a 1s.

Pela classe Sport o mais rápido foi Raijan Mascarello, em quarto lugar no geral, enquanto Gustavo Zanon, em sétimo, foi o mais veloz na Rookie.

O desfecho do único treino livre da etapa antecipa uma sessão classificatória bastante disputada neste sábado, uma vez que apenas os dez mais bem classificados no Q1 avançam para o Q2, quando é disputada a pole da corrida 1 que confere ao vencedor o troféu Mobil. Vale destacar que nenhum dos três pilotos que ocupam as três primeiras posições no campeonato ficaram no mesmo segundo do líder. Maior pontuador de Goiânia, Marçal Muller foi 15º, com o vice-líder Werner Neugebauer em 18º e o terceiro colocado Miguel Paludo apenas em 22º nesta sexta-feira.

O classificatório da Carrera Cup é a primeira atividade do sábado, com box aberto a partir das 8h deste sábado.

A exemplo da categoria principal, na Challenge o único treino livre também foi bastante concorrido, com sete dos 21 carros no mesmo segundo do líder, Caio Castro. O competidor do Porsche #22 cravou 1:30.997 em sua melhor volta, livrando margem de 0.372 sobre Leonardo Herrmann, segundo na sessão geral e mais rápido do dia entre os competidores da Sport. Pela Rookie, a liderança ficou com Caio Chaves, décimo colocado no geral.

Já pela Trophy o líder do dia foi Silvio Morestoni, a bordo do Porsche #8. Ele anotou 1:33.193, livrando respeitáveis 0.817s sobre Lucas Lucco. Pela divisão de entrada, o sábado tem reservados mais um treino livre e o classificatório.

Já na Carrera e na Challenge acontecem o quali pela manhã e as corridas 1 a seguir. As provas têm transmissão da Band, canais Sportv, canais da categoria em mídias digitais e canal Acelerados no Youtube.

O que eles disseram:

Sem dúvida é bom saber que a gente se encontrou bem com a pista. Estamos bem na disputa, possivelmente entre os cinco melhores da pista. Não é fácil entender quem passou um pneu novo e quem não passou. No meu caso, tinha ainda tempo para buscar, mas fui um pouco atrapalhado na volta rápida. Acho que todo mundo tem ainda alguma carta na manga, inclusive eu mesmo. Na última vez que classificamos aqui, em 2022, fizemos a segunda posição e foi bom largar na primeira fila ainda sem o ABS na época. Fiquei um ano parado e o pessoal ficou no ritmo, ainda estou me readaptando e não está tão natural virar essas voltas ‘bala’. Mas sem dúvida esta sexta-feira serve para me deixar mais confiante”

Christian Hahn

“Geralmente eu tenho o hábito de fazer as coisas com muito mais calma, mas hoje o dia foi intenso. No segundo treino (opcional) tivemos um problema com o pneu, acho que ficou exposto à temperatura muito alta e deu uma ‘cozinhada’. Fiquei sem aderência e perdi rendimento e alguns décimos. Agora no treino livre, tivemos que retomar o tempo perdido e, com pneu trocado, deu para sentir o que estava acontecendo. O pneu que usamos tinha o mesmo número de voltas do do treino anterior, mas em condições normais e esperadas. Vamos tentar manter a performance amanhã no classificatório. Teremos a temperatura mais baixa e os tempos de volta devem ser mais rápidos. Vou avaliar a telemetria e achar os pontos onde podemos melhorar mais um pouco”

Caio Castro