MotoGP: Yamaha substitui Rins por Remy Gardner no GP da Alemanha

Depois de um forte acidente na primeira curva do GP da Holanda do último domingo, o espanhol Álex Rins foi vetado do GP da Alemanha deste final de semana. Com mão e pé machucados, ele está em recuperação para retornar no segundo semestre.

“A operação correu bem e vou para casa. Infelizmente vou perder o próximo Grande Prêmio, mas espero regressar muito em breve. Apesar deste obstáculo no caminho, a nossa motivação para continuar a trabalhar é maior do que nunca”, comentou Rins.

Gardner foi campeão de Moto2 em 2021 e chegou à MotoGP em 2022 pela Tech3 KTM. Porém, após um ano ruim, ele perdeu sua vaga na equipe e foi para o Mundial de Superbike – onde está desde 2023 e conseguiu uma vitória em 2024.

“Estou muito entusiasmado com este desafio. Só quero dizer ‘muito obrigado’ à Yamaha por confiar em mim neste fim de semana. Vou usar isso como uma grande experiência de aprendizagem”, falou o australiano.

“É uma moto nova e estar de volta à MotoGP para uma corrida é sempre uma ótima experiência. Uma boa experiência, por isso estou ansioso para aproveitar este fim de semana e estou muito feliz por esta oportunidade. Mais uma vez, um enorme obrigado à Yamaha.”