MotoGP: Quartararo vê 2022 como seu “melhor ano”, apesar de não ter sido campeão

O ano de 2023 ficou muito aquém das expectativas de Fabio Quartararo, com o piloto não conseguindo vencer nenhuma corrida e finalizando a temporada na 10ª posição. Foi a primeira vez que Quartararo passou um ano sem vencer desde sua primeira temporada na MotoGP, em 2019.

O piloto coloca isso na conta de seu equipamento, com a Yamaha mais uma vez correndo atrás do prejuízo técnico para 2024. Por isso, ele acredita ter feito um campeonato melhor em 2022 do que no ano de seu título, em 2021 – quando sua moto iniciou como a melhor da temporada.

“Desde 2021, ano em que conquistei o título, ficou claro que a Yamaha era pior que a Ducati, que não estava no mesmo nível. Mas depois, apesar de ter pontos fracos, também tinha pontos fortes”, falou ao Motorsport.com.

“No ano passado, apesar de não ter conquistado o título, acho que foi o meu melhor ano, porque a moto era muito inferior”.

“Agora, a desvantagem em relação aos demais é muito grande e me impede de fazer a diferença. 2024 será um grande desafio para a Yamaha”, enfatiza Quartararo.