MotoGP: Mesmo com revolução aerodinâmica, Aprilia não se vê à altura de Ducati

Explorando cada vez mais novas fronteiras na aerodinâmica de suas motos, a equipe Aprilia foi ao primeiro teste da pré-temporada de 2023 com soluções que foram bem nas mãos de Aleix Espargaró, que ficou na quinta posição.

No entanto, apesar de ter sido a fabricante mais próxima da Ducati, que ficou com as quatro primeiras posições no teste, o chefe da Aprilia – Massimo Rivola – acredita que a escuderia ainda esteja bem atrás da montadora de Borgo Panigale.

“Trouxemos muitas peças. Precisamos encontrar a melhor combinação para cada piloto e isso será o mais importante porque é o piloto que vai para a pista.”

“Precisamos obter o máximo de sensação para eles. Você verá três RS-GP24 com três configurações aerodinâmicas diferentes. Mas ainda assim, ainda estamos muito longe de compreender esta moto.”

Mas quando questionado sobre as suas perspectivas e se podem estar na caça à Ducati, Rivola disse: “para ser realista, o passo que a Ducati deu é maior e é realmente impressionante”.

“Todo mundo está indo muito rápido, mas o bom é que o show deve ser super legal de assistir na TV e na pista. Mas não creio que estaremos prontos para lutar com a Ducati.”