MotoGP: Martín desiste de Ducati e acerta com Aprilia para 2025

O primeiro grande movimento da temporada de assinaturas de contrato da MotoGP ocorreu nesta segunda-feira. Jorge Martín, líder do campeonato da MotoGP, decidiu fechar um acordo com a Aprilia – o que deixa o caminho livre para que Marc Márquez faça parte do time de fábrica da Ducati em 2025 ao lado de Francesco Bagnaia.

De acordo com a Autosport, o piloto havia tido da Ducati a palavra de que teria um contrato para 2025, porém com a negativa de Márquez à Pramac, o time decidiu por não ficar com Martín.

Martin assinou um contrato “plurianual” com a Aprilia, que foi rapidamente concluído após consulta com o chefe do grupo Piaggio, Michele Colaninno, na noite de domingo.

“Um caminho de crescimento imparável, Jorge é um alicerce para alcançar o objetivo que todos procuramos com grande desejo na Aprilia Racing”, disse o CEO da Aprilia Racing, Massimo Rivola.

“Obrigado ao Da. Michele Colaninno por esta oportunidade, conversamos ontem à noite e sem perder tempo tomamos a decisão.”

Maverick Viñales ainda não assinou contrato com a Aprilia para 2025.