MotoGP: Honda não poderá ter patrocinadora de energéticos até 2025, diz site

Uma cláusula no contrato entre a equipe Repsol Honda e a Red Bull fará com que o time japonês não possa ser patrocinado por nenhuma marca de energéticos até o ano de 2025. A informação é do site Motorsport.com.

Luca Marini, que deverá substituir Marc Márquez na Repsol Honda no próximo ano, atualmente tem a Monster como patrocinador na VR46 Ducati, com todos os pilotos da Academia de Valentino Rossi sendo patrocinados também pela marca norte-americana.

Isso ocorre após a Red Bull conseguir romper a parceria com a Repsol Honda devido a outra cláusula, que estipulava que eles poderiam desistir de anunciar caso Marc Márquez saísse da equipe. O espanhol correrá pela Gresini Ducati em 2024.

Honda, entretanto, manterá a Repsol como patrocinadora principal por pelo menos mais um ano. Além disso, sem o salário de 20 milhões de euros de Marc Márquez, espera-se que o time possa poupar dinheiro em 2024.