MotoGP: Espargaró é primeiro a ser punido por regra de pressão mínima de pneus

O espanhol Aleix Espargaró caiu de 5º para 8º lugar no GP da Tailândia deste último domingo após ter andado mais de 50% da corrida com uma pressão de pneus menor do que a estabelecida pela Michelin.

A regra, estabelecida no GP da Grã-Bretanha, visa impedir que times comprometam a estrutura dos pneus para ganhar mais aderência.

Pelo fato de ser a segunda advertência de Espargaró, o piloto da Aprilia tomou 3s no tempo total de prova, o que o fez perder três posições. Uma terceira ofensa o fará perder 6s e uma quarta 12s.

Maverick Viñales, companheiro de equipe de Espargaró, foi o primeiro piloto da MotoGP a quebrar as novas regras em Barcelona. Ele recebeu um aviso oficial.

Também na Tailândia no domingo, Pol Espargaró, Marc Márquez e Jorge Martin foram alvo de advertências oficiais pela primeira violação da regra de pressão dos pneus. Cada um deles passou mais de 50% da corrida com pressão inferior à mínima.