MotoGP: Em wildcard na Malásia, Bautista não vai para “apenas estar no grid”

Atual bicampeão mundial de Superbike, Álvaro Bautista recebeu uma oportunidade da Ducati de fazer uma entrada wildcard no GP da Malásia deste final de semana após ter feito dois testes com a Desmosedici durante este ano.

O chefe da equipe da Ducati no Mundial de Superbike, Stefano Cecconi, falou sobre que mentalidade que Bautista trará para seu retorno à MotoGP após cinco anos. Para ele, o espanhol vai a Sepang para conquistar um grande resultado.

“É difícil dizer porque Álvaro não vai lá apenas para estar no grid”, disse Cecconi.

“Ele fez o teste e gostou; foi um teste de prêmio. Ele fez um segundo por acaso. Acho que, em seu coração, ele começou a pensar grande.”

“É claro que você não pode almejar a vitória em apenas um evento.”

“Não o vejo indo lá só para se divertir. Acho que ele espera ser forte nessa pista, principalmente se estiver quente.”

“Sem pressão porque o campeonato acabou aqui, ele pode aproveitar o wildcard sem se preocupar com o próprio campeonato. Vai ser divertido, eu acho.”

Bautista, agora com 38 anos, correu durante nove temporadas na MotoGP, de 2010 a 2018, com motos de Suzuki, Honda, Aprilia e Ducati.