MotoGP: Bagnaia faz corrida de paciência, ataca Martín no fim e vence na Catalunha

O italiano Francesco Bagnaia se redimiu após jogar fora um primeiro lugar certo na corrida sprint do último sábado conquistando uma grande vitória no GP da Catalunha deste domingo. O piloto fez uma prova inteligente, esperando os pneus desgastarem na fase final  para atacar seu principal rival, Jorge Martín.

Nas últimas voltas, ele encurtou uma vantagem de cerca de 1s e passou pelo piloto da Pramac Ducati na curva 5. Martín não teve resposta e se contentou com o segundo posto.

O último lugar do pódio foi definido também há poucas voltas do fim, com Marc Márquez – vindo de 14º no grid – passando pelo pole position Aleix Espargaró. O piloto da Aprilia ainda tentou dar o troco no espanhol da Gresini, mas, apesar de chegar perto na última volta, não conseguiu recuperar a posição.

Fabio di Giannantonio foi o quinto, com Raul Fernandez em sexo após uma ultrapassagem na última volta. Álex Márquez foi o sétimo, com Brad Binder – que ficou sem pneus no meio da prova e saiu do grupo que liderava – em oitavo, Fabio Quartararo em nono e Miguel Oliveira em décimo.

Depois de ocupar o segundo lugar no início da prova, Pedro Acosta acabou por cair ainda na primeira metade da corrida. Ele ainda retornou para a prova e terminou nos pontos, em 13º, após Enea Bastianini ignorar uma punição de volta longa e acabar por tomar um ride-through em tempo agregado e cair de nono para 18º.

A próxima etapa é na semana que vem, o GP da Itália, em Mugello.

1. Francesco Bagnaia / Ducati Lenovo (GP24) 40m 11.726s
2. Jorge Martin / Pramac Ducati (GP24) +1.740s
3. Marc Marquez / Gresini Ducati (GP23) +10.491s
4. Aleix Espargaro / Aprilia Racing (RS-GP24) +10.543s
5. Fabio Di Giannantonio / VR46 Ducati (GP23) +15.441s
6. Raul Fernandez / Trackhouse Aprilia (RS-GP23) +15.916s
7. Alex Marquez / Gresini Ducati (GP23) +16.882s
8. Brad Binder / Red Bull KTM (RC16) +18.578s
9. Fabio Quartararo / Monster Yamaha (YZR-M1) +20.477s
10. Miguel Oliveira / Trackhouse Aprilia (RS-GP24) +20.889s
11. Marco Bezzecchi / VR46 Ducati (GP23) +21.023s
12. Maverick Viñales / Aprilia Racing (RS-GP24) +22.137s
13. Pedro Acosta / Red Bull GASGAS Tech3 (RC16) +31.967s
14. Takaaki Nakagami / LCR Honda (RC213V) +32.987s
15. Joan Mir / Repsol Honda (RC213V) +33.132s
16. Johann Zarco / LCR Honda (RC213V) +34.554s
17. Luca Marini / Repsol Honda (RC213V) +36.689s
18. Enea Bastianini / Ducati Lenovo (GP24) +50.615s
19. Stefan Bradl / HRC Test Team (RC213V) +55.295s
20. Alex Rins / Monster Yamaha (YZR-M1) +63.428s
Abandonaram
Franco Morbidelli / Pramac Ducati (GP24)
Augusto Fernandez / Red Bull GASGAS Tech3 (RC16)
Jack Miller / Red Bull KTM (RC16)

Campeonato após 6 etapas:
1. Jorge Martín – 155 pontos
2. Francesco Bagnaia – 116
3. Marc Márquez – 114
4. Enea Bastianini – 94
5. Maverick Viñales – 87