Chadwick é primeira mulher em pódio do acesso à Indy em 14 anos

Jamie Chadwick teve motivos de sobra para comemorar no final de semana de Indy NXT. Na rodada dupla no circuito misto de Indianápolis, a pilota terminou a corrida 1 na terceira colocação e se tornou a primeira mulher no pódio em 14 anos.

As duas corridas no tradicional autódromo de Indiana marcou a terceira etapa do calendário. Na primeira prova, conseguiu se classificar na sexta colocação e se aproveitando das confusões à frente para escalar o pelotão e terminar dentro do top-3.

“Estou muito feliz. Tivemos um ritmo muito bom na temporada até o momento, então, ser capaz de converter em um pódio é um ótimo sentimento. A equipe e eu estivemos trabalhando duro e após as duas primeiras corridas, é bom finalmente conseguir isso”, disse após a corrida.

Esse é, até o momento, a melhor chegada de Jamie na temporada 2024 da Indy NXT. Na etapa anterior, em Barber Motorsports Park, andava na quarta posição durante a prova quando, envolvida em um acidente, precisou abandonar ainda com muitas voltas para a bandeira quadriculada.

“Isso valida o trabalho que fizemos durante a pré-temporada e mostra onde podemos chegar. Ainda dá para melhorar, mas estou muito feliz com o progresso e confirmação de que começa a acontecer”, concluiu.

Essa é a primeira vez que uma pilota marca presença no pódio de uma categoria de acesso à Indy – hoje Indy NXT, antes Indy Lights – desde Pippa Mann na temporada 2010. Na época, correndo pela Sam Schmidt Motorsports, conseguiu uma segunda posição em Chicagoland e, na prova seguinte, venceu no Kentucky.

Na corrida 2 do final de semana, Chadwick andava na quarta posição quando teve problemas mecânicos no carro. Isso a derrubou para o fundo do pelotão e após escalar algumas colocações, cruzou a linha de chegada em 16ª. Agora, aparece na 13ª posição da classificação com 69 pontos.