Pai de Verstappen descarta corrida em dupla com Max

O sonho de Max Verstappen de dividir o cockpit com seu pai, Jos, em uma corrida parece cada vez mais distante. Apesar de já ter expressado em diversas ocasiões o desejo de realizar a experiência, o ex-piloto de Fórmula 1 descarta a possibilidade e revela que se considera ‘velho demais’ para acompanhar o ritmo veloz e competitivo do filho.

“Max exige um nível insano. É por isso que me sinto muito velho para fazer isso. Eu o conheço. Eu sei como eu era quando tinha a idade dele. Se ele corre e compete em diferentes categorias, ele quer vencer também. Pilotar como um ‘velho’ que está um ou um segundo e meio mais lento… ele não gosta disso. E eu também não”, afirmou Jos em entrevista ao PlanetF1.

O ex-piloto argumenta que, longe de gerar felicidade, um desempenho abaixo do esperado poderia acarretar em críticas e frustrar ambos. Ele teme que, ao entrar na pista, acabe ouvindo do filho cobranças para acelerar o ritmo, o que geraria um ambiente desconfortável para os dois.

Apesar da negativa, Jos ainda deixa um fio de esperança para o futuro. Ele revela que a clássica 24 Horas de Le Mans, disputada com carros protótipos, seria uma possível arena para a dupla pai e filho, porém sem grandes expectativas de competitividade e resultado.