“Isso é bom para a F1”, disse Verstappen sobre pole inesperada de Russell

Max Verstappen se preparava para mais um duelo com a Ferrari, mas a surpresa veio de onde menos se esperava. Na sessão de classificação para o GP do Canadá de Fórmula 1, foi George Russell, da Mercedes, quem cravou o melhor tempo e se colocou como principal concorrente do holandês na briga pela vitória.

O resultado é mais um indício da imprevisibilidade que passou a rondar a temporada este ano. A presença da Mercedes como favorita em Montreal, no entanto, era algo inesperado para muitos.

“Sim, acho que sim”, respondeu Verstappen quando questionado sobre a surpresa com a velocidade da Mercedes. “Vejo surpresas boas e ruins em todo o grid.”

Já a Ferrari sequer avançou para o Q3. Para Verstappen, isso demonstra a acirrada disputa e a importância dos detalhes. “Isso só mostra como todos estão próximos e que são os detalhes que fazem a diferença. Talvez seja o entendimento dos pneus, ou alguma fraqueza específica do seu carro. Provavelmente as outras equipes também tenham seus pontos fracos”, disse ele.

O traçado da pista também pode influenciar, segundo o piloto da Red Bull. No final das contas, a conclusão de Verstappen sobre a emocionante classificação para o GP do Canadá é positiva: “Isso é bom para a Fórmula 1”, encerrou o holandês.