Hulkenberg diz que chegada da Audi na F1 é como uma “página em branco”

Nico Hulkenberg vai deixar a Haas no final de 2024, para se juntar ao projeto da Audi na Fórmula 1. O experiente piloto alemão encara a nova empreitada, que já vai começar com a Sauber no próximo ano, como uma ‘página em branco’ em termos de expectativas.

Hulkenberg assinou contrato de três anos com a Sauber (Stake F1 Team), equipe que se transformará em time de fábrica da Audi a partir de 2026. Embora a montadora alemã seja uma estreante no grid, a aquisição de uma equipe existente minimiza as dificuldades normalmente enfrentadas por novos times.

“É difícil dizer”, respondeu Hulkenberg ao ser questionado sobre suas expectativas para os primeiros anos em sua nova equipe. “É realmente uma incógnita. Por um lado, não é uma equipe totalmente nova, mas será rotulada como tal. Isso significa que o ‘know-how’ e a vantagem que as equipes atuais possuem, diminuem um pouco, criando um grid mais equilibrado para todos. Isso oferece uma boa oportunidade de ser competitivo desde o início, mas a expectativa sempre é alcançar o sucesso o mais rápido possível.”

A Sauber (Audi) ainda não revelou a dupla completa de pilotos para a temporada 2025. No entanto, com a contratação de Hulkenberg, a equipe garante um piloto experiente, conhecido por sua habilidade de dar feedbacks precisos e contribuir no desenvolvimento do carro.

“Eu acho que eles valorizam minha experiência, e provavelmente meu julgamento, minha sensibilidade para acerto do carro e capacidade de pressionar a equipe para evoluir”, disse o piloto alemão.

Hulkenberg vê na Audi uma grande oportunidade. Apesar de ter estreado na F1 em 2010 e somado mais de 200 largadas, o alemão de 36 anos nunca alcançou o pódio. Atualmente, ele é o piloto mais experiente da história da categoria sem um pódio no currículo.

“Eles têm um plano, assim como todas as equipes aqui”, afirmou Hulkenberg sobre o projeto da Audi. “Naturalmente, eles têm grandes ambições. É um projeto enorme, com objetivos ambiciosos. Correr por uma montadora sempre gera muita expectativa. Mas eles estão focados em vencer, assim como as equipes de ponta.”

A Audi assumirá o controle total da Sauber a partir de 2026, adquirindo 100% da participação na equipe. Inicialmente, estava prevista a compra de uma participação minoritária, mas as coisas tomaram um rumo diferente. “Foi uma decisão estratégica deles. A Audi sentiu que precisava disso para seguir em frente e ter sucesso neste projeto. Para mim, a proposta era convincente desde o início”, finalizou Hulkenberg.