F1: Wolff reforça igualdade de pilotos na Mercedes: “Tentamos equilibrar”

A situação parece começar a ficar tensa dentro da Mercedes. Entretanto, Toto Wolff, o chefão do time alemão, reforçou que tanto Lewis Hamilton quanto George Russell recebem a mesma atenção dentro a equipe de F1.

Durante os treinos livres do GP de Mônaco, o heptacampeão apareceu constantemente dentro do top-3, mas na classificação, terminou duas posições atrás do companheiro. Em entrevistas após a tomada de tempos, chegou a dizer que “sabia automaticamente que perderia 0s2. Não esperava ficar à frente e George.”

Então, foram questionar o dirigente austríaco sobre as declarações do sete vezes campeão. Perguntado se era apenas paranoia, Toto afirmou que “não são todos os pilotos um pouco céticos algumas vezes?”.

“Acho que como equipe, demonstramos até mesmo nas competições mais tensas entre companheiros que sempre tentamos equilibrar os pilotos e sermos transparentes e justos. Acho que não ouve nenhum momento além de Abu Dhabi 2016 [quando pediram para Lewis parar de desacelerar Nico Rosberg] onde tentamos lidar com essas áreas”, seguiu.

“Não fizemos mais isso desde então, mas consigo entender que como piloto, quer o melhor de si mesmo e da equipe. Às vezes, quando está indo contra você, você pode questionar. Como equipe, estamos 100% na missão de dar aos dois pilotos dois ótimos carros, o melhor possível e dar as melhores estratégias e apoio”, completou.