F1: Wolff afirmou que segundo lugar no campeonato trouxe ganhos financeiros e motivou a Mercedes

Embora não tenha conquistado vitórias em 2023, o segundo lugar no Campeonato de Construtores da Fórmula 1 para a Mercedes, representa um importante triunfo. Toto Wolff, chefe de equipe, explicou que o resultado impacta tanto o lado esportivo quanto o financeiro, motivando a equipe e trazendo benefícios concretos.

A conquista do vice-campeonato foi emocionante para a Mercedes, superando a Ferrari por apenas três pontos na última corrida. A temporada foi desafiadora, com o carro W14 não rendendo o esperado e nenhuma vitória conquistada. No entanto, a consistência de Lewis Hamilton e George Russell, especialmente após a introdução de um grande pacote de atualizações, garantiu a vantagem sobre a rival italiana.

Wolff destacou que o segundo lugar traz vantagens esportivas e financeiras: “Do ponto de vista esportivo, ter mais tempo no túnel de vento para o próximo ano é importante. Mas há também um componente financeiro para todos os nossos funcionários em termos de bônus.”

O chefe de equipe ressalta a importância do aspecto motivacional. “Preciso cuidar de todos junto com minha equipe diretiva. Portanto, é um componente muito importante, mesmo que do ponto de vista esportivo, talvez não seja tão relevante. Chegar em segundo no campeonato naquela noite (GP de Abu Dhabi) foi ótimo. Eu não esperava ter aquele sentimento. Você podia ver um aumento de moral e emoção que estava passando pela equipe e isso era importante”, concluiu Wolff.

Esse segundo lugar parece ter revigorado a Mercedes. Além do bônus aos funcionários e do tempo extra no túnel de vento (em relação à Red Bull, campeã em 2023), o resultado reforça a confiança da equipe para a próxima temporada. A Mercedes vem trabalhando duro no desenvolvimento do carro de 2024, buscando voltar à disputa pelas vitórias e quem sabe, pelo título.