F1: Williams tem “plano B” caso Sainz escolha outra equipe

A Williams segue na briga por Carlos Sainz para a próxima temporada da Fórmula 1, mas diante da demora na decisão do espanhol, a equipe já tem um plano alternativo em caso de negativa do atual piloto da Ferrari. O chefe do time britânico, James Vowles, confirmou que existe um ‘plano B’, mas preferiu não revelar detalhes.

Sainz também demonstra cautela em sua escolha. Apesar do interesse de Williams, Alpine e Sauber/Audi, além da Mercedes que parece ter entrado nessa disputa recentemente, o espanhol destaca a importância da decisão e negou ter pressa em resolver a situação. Vowles concorda com a opinião do espanhol, afirmando que a prioridade é construir uma parceria sólida a longo prazo, e prevê uma definição para o companheiro de equipe de Alex Albon em 2025, até setembro, seguindo o cronograma habitual da Fórmula 1.

A contratação de Flavio Briatore como consultor pela Alpine pode ter mudado o cenário, pois inicialmente, a Williams parecia ser a favorita para receber Sainz no próximo ano, mas o retorno do polêmico ex-chefe da Renault (atual Alpine), na equipe francesa, parece ter influenciado na decisão do piloto espanhol, que passou a ser um forte candidato para ser companheiro de Pierre Gasly em 2025.

Outro fator que parece ter entrado na equação, mesmo aparentando não ter muitas possibilidades até poucos dias atrás, é a Mercedes. Em princípio, tudo indicava que Andrea Kimi Antonelli, piloto júnior da Mercedes correndo atualmente na Fórmula 2, seria o escolhido para substituir Lewis Hamilton (que vai para a Ferrari em 2025). Porém, a grande falta de experiência do jovem de apenas 17 anos, e seus fracos resultados na F2 este ano, parecem ter provocado mudanças de planos para Toto Wolff, chefe da Mercedes, que já comentou neste final de semana em Silverstone, que estaria considerando Sainz para correr ao lado de George Russell no próximo ano.