F1: Williams diz que assoalho danificado custou 1s por volta a Albon em Miami

A Williams revelou que Alex Albon sofreu um grande dano no assoalho de seu carro no GP de Miami de Fórmula 1, após passar por cima do mesmo ‘poste de amarração’ atingido por Max Verstappen.

O time britânico segue enfrentando dificuldades na temporada. Em Miami, Albon terminou na 18ª colocação, enquanto Logan Sargeant abandonou a prova após uma colisão.

No entanto, o chefe da Williams, James Vowles, afirmou que a partir da volta 50, Albon precisou lidar com um estrago que lhe custava cerca de um segundo por volta.

“Na volta 50, Alex passou pelo mesmo ‘poste de amarração’ que Verstappen e quebrou o assoalho. O dano foi enorme”, disse Vowles em um vídeo de análise do GP de Miami pela Williams. “Não percebemos a gravidade imediatamente, mas uma volta depois ficou bem claro o impacto. Era algo em torno de um segundo perdido por volta em desempenho.”

O dano extenso no assoalho também contribuiu para o erro de Albon na curva 11 a cinco voltas do fim, quando ele bloqueou as rodas e passou reto, precisando fazer um pit stop para pneus novos e caindo para o fundo do pelotão.

Vowles explicou que o problema no assoalho teve papel fundamental no erro, já que Albon perdeu muita pressão aerodinâmica, o que afetou sua frenagem.

“Isso significa que quando ele freou para a curva 11, não havia downforce suficiente para parar o carro. Ele bloqueou as rodas, saiu da pista e perdeu posições”, acrescentou.

O abandono de Sargeant após colisão com Kevin Magnussen, que resultou em punição para o piloto da Haas, fez com que o americano fosse o único a não terminar a corrida.

Com isso, a Alpine, que pontuou com Esteban Ocon em P10, Williams e Sauber seguem zeradas na tabela de construtores.