F1: Villeneuve diz que Red Bull não está tão à frente como a Mercedes já esteve

O domínio de Max Verstappen e da Red Bull na temporada 2023 da Fórmula 1, foi inquestionável. Apenas Carlos Sainz da Ferrari venceu uma corrida no ano não sendo um piloto da Red Bull, o GP de Singapura, e Sergio Perez até pareceu que iria desafiar o holandês no início do ano, mas acabou ficando pelo caminho. No entanto, o ex-piloto e campeão na F1 em 1997, Jacques Villeneuve, acredita que a diferença entre a Red Bull e o restante do grid não é tão absurdamente grande.

“Red Bull não está tão à frente”, afirmou o canadense ao PlanetF1. “Quando conquistaram todas as poles, foi um décimo, meio décimo… muito próximo! Isso não é domínio”, disse ele. “Domínio verdadeiro foi nos os anos da Mercedes, quando estavam um segundo à frente de todos, e todos estavam de acordo com isso, não havia problema.”

Embora seja inegável que Verstappen está com um desempenho muito forte, Villeneuve não acredita que ele esteja tão à frente do restante do grid da Fórmula 1.

“Max faz a diferença porque está nisso 24 horas por dia. Ele nunca se cansa. Sai do carro de corrida, e ainda está pensando em corridas. Isso é tudo o que existe para ele. Se todos se concentrassem como Max, talvez estivessem no mesmo nível dele”, encerrou o canadense.