F1: Verstappen vence na Arábia Saudita após corrida fisicamente cansativa

Max Verstappen conquistou sua segunda vitória na temporada 2024 da Fórmula 1, mas o GP da Arábia Saudita não foi tão fácil quanto pareceu. O holandês precisou administrar bem os pneus para garantir a vitória.

Verstappen construiu uma vantagem no início, mas viu tudo mudar na sexta volta após a batida de Lance Stroll. O safety car entrou na pista e a maioria dos pilotos, incluindo Verstappen, optou pelo pit stop. Lando Norris, no entanto, permaneceu na pista e herdou a liderança.

O holandês superou Norris facilmente, mas precisou lidar com um longo stint final. Com a entrada do safety car, a estratégia mudou, e Verstappen teve que forçar os pneus duros por 44 voltas.

“No geral, foi um fim de semana fantástico para toda a equipe”, disse Verstappen após a corrida. “E também para mim, me senti muito bem com o carro e praticamente continuei assim na corrida.”

“Claro, o último stint foi um pouco mais longo do que gostaríamos, mas com o safety car, você tem que arriscar. Então, as últimas voltas com os retardatários e os pneus frios ficaram um pouco escorregadias. Mas tivemos uma boa base em todos os aspectos. Conseguimos administrar bem, e no geral, estou muito satisfeito”, disse ele.

Apesar de não ter tido um rival à altura na maior parte da corrida, Verstappen precisou administrar bem os pneus duros por um longo período. “Idealmente, você não quer fazer um stint tão longo com esse pneu”, disse Verstappen. “Mas tivemos que fazer isso, e aqui, com todas essas curvas de alta velocidade, se o pneu perde um pouco de rendimento, torna tudo um pouco mais complicado.”

Mesmo pilotando sozinho na liderança, o holandês destacou a exigência física do circuito de Jeddah.

“Aqui é sempre assim. Sentimos muita força G ao longo de toda a volta. É definitivamente uma das corridas mais físicas do ano”, encerrou o piloto da red Bull Racing.

O F1MANIA.NET acompanha ‘in loco’ o GP da Arábia Saudita com o jornalista Rodrigo França direto de Jeddah.