F1: Verstappen e Norris consideram “ridícula” a reprimenda a Leclerc após incidente no TL3

Max Verstappen e Lando Norris expressaram sua incredulidade com a decisão dos comissários de aplicar apenas uma reprimenda a Charles Leclerc após um incidente no terceiro treino livre (TL3) do GP da Espanha. Após a sessão de qualificação, os dois pilotos foram flagrados discutindo sobre o ocorrido, e a câmera capturou palavras duras sobre Leclerc.

“É bem louco ele ter recebido apenas uma reprimenda,” disse Verstappen a Norris após a qualificação. O comentário referia-se ao momento em que Leclerc dirigiu em direção a Norris durante uma volta rápida no TL3, sentindo-se impedido pelo piloto da McLaren.

Norris, que ainda não estava ciente da penalidade, reagiu com surpresa: “É isso que ele recebeu?” perguntou Norris, visivelmente chocado. Verstappen confirmou que Leclerc havia recebido apenas uma reprimenda. “Minha asa dianteira ficou toda danificada,” disse Norris, visivelmente irritado. Verstappen também não entendeu a decisão, chamando-a de “louca”.

Leclerc não foi o único a sair impune de uma ação semelhante. Pouco antes, Lance Stroll realizou uma manobra parecida com Lewis Hamilton, embora em uma velocidade mais baixa. Stroll também recebeu apenas uma reprimenda por sua ação.

Esses incidentes levantam questões sobre a consistência das decisões dos comissários, especialmente quando ações semelhantes resultam em penalidades tão leves, apesar dos potenciais riscos e danos causados.