F1: Vasseur admite erro em estratégia de pit stop de Leclerc no GP da Inglaterra

Frederic Vasseur, chefe da Ferrari, reconheceu que a posição de Charles Leclerc na pista levou a uma má decisão de colocar pneus Intermediários durante o Grande Prêmio da Inglaterra de F1.

Leclerc, que vinha tentando se recuperar após uma eliminação no Q2, ganhou algumas posições na largada, mas logo se viu atrás do Aston Martin de Lance Stroll. A tentativa da Ferrari de antecipar uma chuva mais forte levou à decisão de mudar para pneus Intermediários na 19ª volta, uma decisão que acabou sendo prematura, pois as condições da pista não pioraram o suficiente para justificar a troca naquele momento.

Vasseur explicou que a decisão foi tomada com base na necessidade de Leclerc recuperar a posição perdido para seu companheiro de equipe, Carlos Sainz: “Estávamos conscientes de que precisávamos fazer algo diferente para tentar voltar ao jogo pelo pódio, em retrospecto, não foi a decisão certa, mas em condições desafiadoras como essas, às vezes é necessário arriscar,” disse Vasseur.

O chefe da Ferrari destacou que a responsabilidade final pela estratégia cabe ao piloto, destacando que a equipe fornece informações e sugestões, mas a decisão final é tomada pelo competidor. Ele defendeu o muro dos boxes das críticas, argumentando que a previsão do tempo e as condições da pista são variáveis difíceis de prever com precisão durante a corrida.

Apesar do erro estratégico, Vasseur mostrou compreensão com a situação desafiadora enfrentada pela equipe e está determinado a aprender para melhorar futuras decisões de corrida.